Skip to content

Rede BVS: Alguns indicadores das atividades de Monitoramento e Projetos em 2011

alt

A Coordenação Regional da Rede BVS é exercida pela BIREME/OPAS/OMS. No âmbito nacional, cada país assume a responsabilidade pela coordenação da rede nacional de instituições como meio essencial para promover e assegurar a visibilidade e acessibilidade à informação e ao conhecimento em saúde na região. A coordenação da BVS nos países é feita por uma ou mais instituições, seguindo os mesmos princípios e funções orientadoras da ação da BIREME no âmbito regional.

 

A seguir, apresenta-se indicadores das atividades desenvolvidas pela equipe de Monitoramento das Instâncias e Projetos BVS da Gerência de Produção de Fontes de Informação (MIP/PFI) no período de julho a novembro de 2011, com apoio das demais áreas da BIREME, em cooperação e projetos com instâncias da Rede BVS:

  • - 62 reuniões realizadas, sendo 27 online e 35 presenciais;
  • - 33 diferentes instâncias da BVS atendidas em reuniões, abrangendo 10 países (Brasil, Bolívia, Cabo-Verde, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guiana, Guiné-Bissau, Honduras, Moçambique, Panamá, Paraguai, Uruguai e São Tomé e Príncipe) e 5 redes regionais (Enfermagem, Gênero e Saúde, ePORTUGUÊSe, PanAmazônica, e Bioética);
  • 11 capacitações presenciais realizadas para 8 diferentes instâncias da BVS de 3 países (Brasil, Honduras e Nicarágua);
  • - Destaque para as missões de cooperação presenciais realizadas no Paraguai, Colômbia, Bolívia e Nicarágua.

Na categoria reuniões abertas à participação de toda Rede BVS, destaca-se a série Encuentros de La Red BVS 2011, que teve inicio em 5 de julho de 2011, dirigida aos coordenadores das BVS nacionais e temáticas da América Latina e Caribe, Centros Coordenadores LILACS e pontos focais de KMC/OPAS.

 

Com informações do Informe do Comitê Assessor Nacional (CAN) – dez. 2011.

AddThis Social Bookmark Button