Skip to content

“Cada doador de sangue é um herói”

altNa ocasião do Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado em 14 de junho, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) faz um apelo a todos os povos das Américas para que apóiem a doação voluntária e regular de sangue – que é a única forma de assegurar um abastecimento seguro e suficiente de sangue, segundo os especialistas da Organização.

Essa data foi instituída em 2004 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) cujo o objetivo é sensibilizar, agradecer a generosidade voluntária de doadores não remunerados que salvam vida de muitas pessoas ao longo de muitos anos e criar consciência sobre a necessidade de contar com sangue seguro nos bancos espalhados pelo mundo, além de incentivar novas doações.

O tema da OPAS/OMS para o ano de 2012 será focado na idéia de que todos nós podemos ser heróis, doando sangue. A campanha visa reconhecer os heróis desconhecidos, anônimos, que diariamente ajudam a salvar muitas vidas através de doações de sangue, e o tema também pretende encorajar mais pessoas a doarem sangue de forma voluntária e regularmente durante todo o mundo.

A campanha deste ano conta com os objetivos principais:

- reconhecer o gesto das pessoas que doam sangue e reforçar a sua auto-estima para que continuem doando regularmente;

- inspirar aqueles que não doam sangue e possuem boa saúde, para que comecem a doar;

- incentivar os funcionários dos serviços de sangue e agradecer aos doadores por sua ação “heróica”, todas e a cada vez que doem sangue, e

- convencer os ministérios da saúde para que mostrem sua gratidão aos doadores de sangue; e

- fornecer recursos adequados para garantir que todas as doações de sangue sejam voluntárias e não remuneradas.

Link para baixar os arquivos: http://www.paho.org/hq/dmdocuments/blooddonor2012/index.htm

De acordo com a OPAS/OMS, os doadores voluntários vêm de todos os setores da sociedade e de todas as regiões, pertencem a diversos tipos de condição social, religião e idade. Ao doar sangue voluntariamente e sem remuneração, essas pessoas fazem um ato “heróico”. É um gesto de solidariedade humana que salva muitas vidas. Alguns deles doam sangue várias vezes ao longo de muitos anos.

No Brasil, para doar sangue é preciso portar documento oficial de identidade com foto (RG, Carteira Profissional), ter entre 18 e 65 anos, pesar acima de 50 quilos, ter boa saúde, estar alimentado, evitando refeições com excesso de gorduras. Não pode doar sangue que tenha doado sangue há menos de 60 dias (homem) ou 90 dias (mulher), quem tenha ingerido bebida alcoólica nas 24 horas que antecedem a doação, que tenha dormido menos de 6 horas nas últimas 24 horas, quem fez tatuagem ou tenha recebido transfusão nos últimos doze meses, quem tem comportamento sexual de risco para AIDS, usuários de drogas injetáveis ou cocaína inalatória, ou quem possui histórico de câncer, diabetes, epilepsia, hepatite após dez anos de idade, sífilis, doença de Chagas ou malária. Se você pode doar, procure um banco de sangue próximo à sua casa.

O tema de 2012 também está em sintonia com o trabalho de outros “heróis” da vida cotidiana, tais como bombeiros, políciais, corpo de resgate, líderes da sociedade civil, defensores de causas sociais e de melhoria das comunidades.

Todos os dias, existem heróis que respondem à necessidade imediata de doar sangue para que sejam feitas as transfusões, independentemente das condições, eles colocam as necessidades dos outros antes da sua própria.

Para mais informação sobre “Controle de Qualidade da Doação de Sangue”, consulte os documentos disponíveis na BVS e Redes Associadas. Para ter acesso a uma seleção de conteúdos relevantes e de qualidade relacionados ao tema do Dia Mundial do Doador de Sangue e disponíveis na Biblioteca Virtual em Saúde, consulte: http://goo.gl/Q7Aax

Você pode baixar os pôsteres do Dia Mundial do Doador de Sangue em alta e em média resolução através deste link: http://www.paho.org/hq/dmdocuments/blooddonor2012/index.htm

Saiba mais sobre o Dia Mundial do Doador de Sangue.

AddThis Social Bookmark Button