Skip to content

BIREME sedia oficina sobre gestão de riscos corporativos da OPAS

Na semana de 4 a 8 de março de 2013 a BIREME/OPAS/OMS sediou dois eventos coordenados pela Diretoria de Administração da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS):

1. Workshop sobre gestão de riscos corporativos da Organização (4 a 6 de março) para todos os participantes; e

2. Exercício prático para identificação e gestão de riscos na BIREME (7 e 8 de março) apenas para os colaboradores do Centro.

Os objetivos dos cursos foram:

- Prover aos participantes princípios e conceitos que apoiem a gestão integral de riscos institucionais da OPAS;

- Proporcionar aos participantes treinamento prático sobre a aplicação da metodologia selecionada pela OPAS para realização de análise de riscos;

- Proporcionar aos participantes treinamento básico sobre o uso do software Active Risk Manager e sobre o sistema de informação adotado pela Organização para registro e monitoramento da gestão de riscos.

O curso teve como facilitador Henry Muñoz, assessor de Segurança da Informação AM/OPAS Sede e contou com a presença de 15 participantes das Representações da OPAS na Argentina, Chile, e Uruguai, além dos Centros Especializados CLAP e Panaftosa, e da OPAS sede.

"Me voy muy contento con los resultados del taller de riesgos que se realizó en Bireme porque fue una oportunidad de fraternizar, compartir conocimiento, experiencias, retos y oportunidades que se viven en la OPS desde la perspectiva de la oficina central, diferentes oficinas de país, y centros especializados como lo es Bireme. Hubo conversación, discusión, análises, y decisión en consenso, todos ellos aspectos esenciales para el éxito de un proceso como este que estamos iniciando en la OPS", nas palavras de Henry Muñoz.

O enfoque do treinamento, realizado em espanhol, foi a identificação de riscos institucionais envolvidos no desenvolvimento do sub-Plano de Trabalho Bianual (PTB) da BIREME, bem como a elaboração de um plano para a gestão e mitigação dos riscos identificados de acordo com a politica de riscos da OPAS, fundamentada nas diretrizes da norma ISO 31000.

O treinamento permitiu aos participantes compreender os princípios da Gestão Integral de Riscos Institucionais da OPAS; receber treinamento e realizar exercícios de análise de riscos usando a metodologia ISO 31000 em suas entidades; e compreender as funções básicas do sistema de informaçãoActive Risk para registrar e monitorar os riscos de sua entidade. As discussões contaram com ampla discussão, um indicador da apropriação, parte dos presentes, dos conteúdos e metodologias apresentadas.

Nos dois dias dedicados à análise de riscos específica da BIREME, os participantes, utilizando a plataforma Active Risk Managertiveram oportunidade de identificar os principais riscos e impactos com a finalidade de propor um plano de ações específicas para mitiga-los, bem como atribuir os responsáveis por cada uma destas ações.

Os riscos identificados abrangem questões de gestão do Centro e sua sustentabilidade institucional e financeira, a relação com os países com os quais mantemos cooperação técnica, aspectos técnicos e metodológicos dos produtos e serviços da BIREME.

 

Links relacionados

Agenda

Participantes

 

 

 

 

AddThis Social Bookmark Button