Skip to content

OPAS/OMS, via TC 41, amplia apoio aos países africanos de língua portuguesa

Imprimir E-mail

A cooperação Sul-Sul apoiada pelo Programa de Cooperação Internacional em Saúde (TC 41) da OPAS/OMS com o governo brasileiro, por intermédio do Ministério da Saúde do Brasil e da Fiocruz, tem como objetivo promover o intercâmbio de conhecimentos e tecnologias para enfrentar os problemas de saúde que representam prioridades ou interesses comuns entre o Brasil e os países membros da OPS/OMS, com prioridade para América do Sul e África lusófona.

Tendo em vista o Plano Estratégico de Cooperação em Saúde da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (PECS/CPLP), a OMS e a CPLP assinaram um Memorando de Entendimentos no dia seis de janeiro de 2010, em que se comprometem a realizar uma cooperação técnica em sete áreas estratégicas e a desenvolver sinergias e objetivos comuns. As áreas são:

•        Educação e desenvolvimento de recursos humanos em saúde;
•        Informação e comunicação em saúde;
•        Investigação em saúde;
•        Desenvolvimento de tecnologia médica;
•        Vigilância epidemiológica e controle da saúde;
•        Emergências e desastres naturais;
•        Promoção e proteção da saúde.

Projetos e atividades

Entre as ações que contam com o apoio do TC 41, estão dois projetos já em execução pela Fiocruz. Um voltado para cooperação técnica com Moçambique na área de saúde materno-infantil, executado pelo Instituto Fernandes Figueira (IFF). Outra atividade é a cooperação com os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), na área de educação técnica, a cargo da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV).

Outras iniciativas de cooperação com triangulação da OPAS/OMS, via TC 41, encontram-se em fase final de planejamento. Os projetos em construção contemplam iniciativas de formação e desenvolvimento de recursos humanos do setor saúde e de vigilância epidemiológica relacionadas a doenças infecto-parasitárias do setor saúde dos PALOP a serem executados por intermédio do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas (IPEC) da Fiocruz, e apoio à formação de profissionais de nível médio do setor saúde dos PALOP, a cargo da Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde do Ministério da Saúde (SGTES/MS).

“Os projetos da Fiocruz voltados para a cooperação Sul-Sul, no âmbito da CPLP/PALOP, assim como àqueles destinados à América Latina, com a triangulação da OPAS/OMS, contemplam importantes ações para a qualificação de recursos humanos do setor saúde e de vigilância epidemiológica, colaborando para a construção de novos paradigmas internacionais em saúde”, explicou hoje, 29 de março de 2010, José Roberto Ferreira, do Centro de Relações Internacionais em Saúde da Fiocruz (CRIS).

Outra importante ação é o apoio do TC 41 à plataforma ePORTUGUSe. A OMS apóia a iniciativa de compartilhar e disseminar informações que fortaleçam os sistemas de saúde nos países da CPLP/PALOP. A estratégia inclui a formação de uma biblioteca virtual e o desenvolvimento de uma Rede de Fontes de Informação em Ciências da Saúde para a CPLP.

Para mais informações:

CPLP/PALOP

Cooperação Sul-Sul

 

Última atualização em Seg, 29 de Março de 2010 10:00

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595