Organização Pan-americana da Saúde. Brasil

Skip to content



Destaques

Últimas notícias

OPAS/OMS apoia Seminário para promoção de higienização das mãos na SES/DF

A OPAS/OMS - Brasil apoia a realização do seminário da Estratégia Multimodal para melhoria da higienização das Mãos, no  auditório do Hospital de Base. “A secretaria de Saúde é cada um de nós e esse é um momento ideal para termos consciência de  que temos que lutar para ajudar na mudança de hábitos”, observou o subsecretário de Vigilância  à Saúde , Alan Kardec, antes de assinar um termo de compromisso, onde a Secretaria de Saúde passa a estar inserida no projeto de higienização das mãos da OPAS/OMS ,Anvisa e Ministério da Saúde.

O encontro, com a participação de cerca de cem profissionais de saúde – tanto da SES-DF, como da iniciativa privada – prossegue com a meta de instrumentalizar os participantes para que levem aos seus postos de trabalho, informações e meios para a adoção da nova estratégia.

Segundo  Eulina Menezes Ramos, gerente de Investigação e Prevenção à Infecção e Eventos Adversos em Serviços de Saúde- Gepeas- a capacitação dos profissionais, iniciada por meio do seminário, é o  ponto de partida para que a estratégia preconizada pelos organismos internacionais chegue aos hospitais, públicos e privados, como forma de diminuir a incidência das infecções relacionadas à assistência.

A idéia, segundo a gerente, é que o profissional de saúde vivencie a lavagem das mãos em seu dia-a-dia, de forma sistemática. “É importante chamar a atenção que é preciso lavar as mãos todo o tempo, e não somente em determinadas situações”.  De acordo com a gerência,  a higienização  das mãos é considerada a medida de maior impacto e comprovada eficácia na prevenção das infecções, porque impede a transmissão cruzada de microrganismos. Estudos mostram que uma  maior adesão às práticas de higienização das mãos está associada a redução nas taxas das infecções em serviços de saúde. Embora a ação seja simples, o não cumprimento desta prática, pelos profissionais de saúde, ainda é considerado um desafio no controle de infecção dos serviços de saúde.

A orientação dos organismos envolvidos no projeto  multimodal de melhoria de higienização das mãos é que os profissionais devem receber treinamento sobre a importância dos “ cinco momentos para a higienização das mãos”, envolvendo as técnicas corretas de fricção anti-séptica das mãos com preparações alcoólicas (gel ou solução) e higienização simples (água e sabonete associado ou não a anti-séptico).

Na SES/DF, a estratégia será aplicada regularmente durante um ano, por meio dos 14 Núcleos de Controle de Infecção Hospitalar implantados em todos os hospitais. Para isso, serão utilizados cartazes, folhetos e palestras demais formas de orientação aos servidores que trabalham no atendimento aos pacientes. Depois será feita uma avaliação sobre os resultados a partir da adoção da estratégia.

Fonte: SES-DF

 

Campus Virtual

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595