Skip to content

Brasil apoia Rede ePORTUGUESe no contexto da CPLP/PALOP

Imprimir E-mail

A rede ePORTUGUESe, da Organização Mundial da Saúde (OMS), é uma plataforma desenvolvida para fortalecer a colaboração entre os países de língua portuguesa (CPLP) nas áreas da informação e capacitação em saúde. A ação iniciou em 2005 para atender a demanda dos profissionais de saúde dos países de língua portuguesa sobre informações relevantes em seu próprio idioma. O Brasil apóia a iniciativa desde o seu início, por intermédio do Programa de Cooperação Internacional em Saúde (TC-41), na condição de projeto que se insere no âmbito da cooperação Sul-Sul em saúde com triangulação da OPAS/OMS.

Também com o objetivo de levar informações relevantes para os profissionais em saúde, foram implementadas 65 Bibliotecas Azuis em português nos Países Africanos de Língua Portuguesa (PALOP). O desenvolvimento das Bibliotecas Azuis foi possível após a assinatura de um memorando de entendimento entre o Ministério da Saúde do Brasil/Coordenação Geral de Documentação e Informação (CGDI) e a OMS.

Publicações

De acordo com o memorando, o Ministério da Saúde do Brasil se compromete a imprimir sob demanda e enviar, sem custos para a OMS, 100 cópias de cada um dos 150 manuais, livros ou documentos selecionados previamente junto com a rede ePORTUGUESe e os pontos focais nos países. A parceria com os pontos focais também permitiu a criação do Espaço Colaborativo, que é um repositório de documentos diversos. Há ainda o Blog da rede, um espaço para divulgar informações e artigos de interesse sobre os países de língua portuguesa. Em 2009 o blog registrou cerca 60 mil visitas.

Em dezembro de 2009, a rede ePORTUGUESe foi um dos programas finalistas no Global South-South Development Expo 2009 promovida pela ONU e o Banco Mundial. A rede tem ainda o HIFA-pt, grupo de discussão inteiramente em português baseado na campanha global Health Information for all by 2015.
 
A rede vai implantar salas virtuais nos PALOP para a capacitação em várias áreas. Os pontos focais nos países têm o compromisso de ampliar, participar e divulgar a rede. Também está sendo planejada uma reunião em Fortaleza, Ceará, com os formuladores de políticas de saúde dos PALOP junto com a OPAS/OMS. 
 
Além disso, a rede desenvolve com o Departamento de Recursos Humanos para a Saúde da OMS, em Genebra, um projeto financiado pela Comissão Europeia de Apoio ao Desenvolvimento de Recursos Humanos para a Saúde nos PALOP. A coordenação do projeto na OMS está a cargo de Regina Urgerer.
 
Clique nos links abaixo para mais informações:

Bibliotecas

Blog

Grupo de discussão

Contato- Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.


 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595