Skip to content

I Inquérito Nacional de Saúde e Nutrição dos Povos Indígenas

Imprimir E-mail

nullEm 11 de maio de 2010, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) oficialmente o 1º Inquérito Nacional de Saúde e Nutrição dos Povos Indígenas realizado em 2008 e 2009. O trabalho foi planejado por iniciativa da própria Fundação e o estudo foi realizado com financiamento do Banco Mundial, por meio do Projeto Vigisus II. A instituição responsável execução do projeto, em parceria com a Funasa, foi a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).  

O objetivo geral do estudo foi descrever a situção alimentar e nutricional e sesu fatores determinantes em crianças indígenas menores de 60 meses de idade e em mulheres indígenas de 14 a 49 anos no Brasil.

Os dados preliminares apresentados descrevem a prevalência de anemia em mulheres indígenas não grávidas e grávidas, 32,7% e 35,2%, respectivamente no Brasil. Os dados revelam o alto percentual de sobrepeso (30,2%) e obesidade (15,7%) entre as mulheres de 14 a 49 anos.

A pesquisa revela que 26% das crianças menores de 5 anos têm déficit de estatura por idade. E, esta proporção é ainda maior na região  norte do país (41,1%). A prevalência de anemia em crianças de 6 a 59 mees no Brasil é de 51,3%.

Maiores informações no site da FUNASA.
 

Última atualização em Ter, 22 de Fevereiro de 2011 15:47

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595