Skip to content

Lançada a Rede Brasileira de Núcleos de Prevenção de Violências e Acidentes, Promoção da Saúde e Cultura de Paz (REDEVIVAPAZ)

nullNo dia 9 de junho foi lançado no II Seminário Nacional de Promoção da Saúde a REDEVIVAPAZ, uma construção conjunta do Ministério da Saúde, OPAS/OMS NO Brasil e a OPAS/OMS Regional. A REDEVIVAPAZ é uma rede de relacionamento composta pelos diversos atores que atuam na Rede Nacional de Núcleos de Prevenção de Violências e Acidentes, Promoção da Saúde e Cultura de Paz, na implementação das Políticas Nacionais de “Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências” e de “Promoção da Saúde”.

Sua missão é constituir-se em um espaço para problematização, formulação e troca de experiências relacionadas à implementação das diretrizes dessas Políticas. O seu grande marco de referência é a qualificação das ações nos diferentes níveis de gestão e atenção à saúde no SUS. Entre os seus objetivos propõe-se a criação de um espaço permanente de: 1) debate sobre os determinantes e condicionantes das violências e acidentes e sobre seus fatores de risco e de proteção; 2) de subsídios para a educação permanente de gestores, trabalhadores e profissionais da saúde; 3) de integração intersetorial entre as redes de atenção integral e de proteção e garantias de direitos às pessoas em situação de violências ou acidentes.

Na sua fase inicial de implantação a rede é integrada por gestores, trabalhadores e técnicos dos Núcleos de Prevenção de Violências e Acidentes, Promoção da Saúde e Cultura de Paz das secretarias municipais e estaduais de Saúde. Em fase posterior, a rede poderá ser aberta à participação de outros atores de outros espaços institucionais no SUS, de outros órgãos e instituições públicas ou privadas, instituições formadoras e de pesquisa ou de grupos e entidades da sociedade civil que atuam com os mesmos ou com objetivos afins aos das Políticas de Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências e de Promoção da Saúde.

REDEVIVAPAZ está sob a responsabilidade da Área Técnica de Vigilância e Prevenção de Violências e Acidentes, da Coordenação Geral de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, do Departamento de Análise de Situação de Saúde, do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana da Saúde no Brasil.

null

QUAIS SÃO OS OBJETIVOS DA REDEVIVAPAZ?

1. Criar um espaço permanente de debate sobre as estratégias para implementação e consolidação das políticas nacional de “Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências” e “Promoção da Saúde” no SUS;
2. Fomentar a qualificação, consolidação e expansão da Rede de Núcleos de Prevenção de Violências, Promoção da Saúde e Cultura de Paz;
3. Estimular a co-responsabilidade de gestores, profissionais/trabalhadores da saúde e dos cidadãos num sentido amplo, na consolidação das políticas nacionais de Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências e de Promoção da Saúde;
4. Discutir os desafios para o aprimoramento dos programas e ações relacionados às diretrizes dessas políticas;
5. Estimular a inclusão de ações voltadas à prevenção de violências e acidentes, promoção da saúde e cultura de paz nos planos estaduais e municipais de saúde;
6. Promover a articulação e integração entre as áreas de vigilância das violências e acidentes e as de atenção à saúde no SUS, as de proteção e garantia de direitos e outras áreas afins;
7. Promover e valorizar a ação do controle social em todas as etapas de planejamento, implementação e monitoramento das ações de prevenção de violências e acidentes e promoção da saúde e cultura de paz;
8. Contribuir para a inserção proativa do setor saúde nas estratégias para efetivação da segurança pública com cidadania e dos Direitos Humanos;
9. Contribuir para o fortalecimento das interações entre o Sistema Único de Saúde e o Sistema Nacional de Trânsito em pró da redução da morbimortalidade provocada no trânsito;
10. Contribuir para a postura pró-ativa e de liderança para prevenção de violências e acidentes em todas as esferas de governo;
11. Contribuir para a troca de experiências e práticas bem sucedidas sobre as diferentes ações/estratégias na consolidação das políticas de Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências e de Promoção da Saúde nas esferas municipal, estadual e federal;
12. Contribuir para a educação continuada de gestores, profissionais/trabalhadores envolvidos na realização de ações das políticas de Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências e de Promoção da Saúde;
13. Promover a implementação e consolidação das redes de atenção e proteção às pessoas em situação de violências, a partir dos preceitos de intersetorialidade, interdisciplinaridade, integralidade e humanização no cuidado;
14. Contribuir para o fortalecimento das interações entre o Sistema Único de Saúde e outros sistemas da Educação, Segurança Pública, Assistência Social, Direitos Humanos, Promotoria e Defensoria Pública e outros.
QUEM INTEGRA A REDEVIVAPAZ?
Na sua fase inicial de implantação a rede é integrada por gestores, trabalhadores e técnicos dos Núcleos de Prevenção de Violências e Acidentes, Promoção da Saúde e Cultura de Paz das secretarias municipais e estaduais de Saúde. Em fase posterior, a rede poderá ser aberta à participação de outros atores de outros espaços institucionais no SUS, em outros órgãos e instituições públicas ou privadas, instituições formadoras e de pesquisa, ou de grupos e entidades da sociedade civil atuam com os mesmos ou com objetivos afins aos das Políticas de Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências e de Promoção da Saúde.

O que a REDEVIVAPAZ lhe oferece?

Oferece oportunidade para:

a) Compartilhar lições aprendidas nos mais diferentes recantos do Brasil sobre os processos de implantação e implementação da Política Nacional de Redução da Morbimortalidade por Acidentes e Violências e da Política Nacional de Promoção da Saúde;
b) Realizar consultas e esclarecer dúvidas sobre a vigilância de violências e acidentes; sobre o uso potencializado da ficha de notificação continuada e das pesquisas sobre a ocorrências de violências e acidentes
c) Incentivar a articulação com as redes de atenção e proteção às pessoas em situação de risco e/ou de vivência de violências
d) Contatar profissionais de diferentes áreas de atuação conexa com a temática de prevenção de violências e acidentes e promoção de cultura de paz;
e) Participar de reuniões virtuais sobre temas relevantes;
f) Divulgar eventos, notícias, referências bibliográficas e outras informações técnicas, científicas e referentes a políticas públicas relacionadas com prevenção de violências e acidentes e promoção de cultura de paz;
g) Produção colaborativa de publicações e fontes de informação de relevância para a cooperação técnica;
h) Construção colaborativa de estratégias e ações de capacitação.
i)  Outras possibilidades que cada um dos integrantes da REDEVIVAPAZ pode criar ou apontar.

A bola está com você! Vamos aquecer o processo de inteligência e trabalho colaborativos em ações articuladas e sistematizadas visando nosso objetivo maior de redução da morbimortalidade por acidentes e violências e promoção de cultura de paz no nosso País!
Acesse: http://www.saude.gov.br/redevivapaz;

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595