Organização Pan-americana da Saúde. Brasil

Skip to content



Destaques

Últimas notícias

Brasil envia equipes à África do Sul, com apoio da OPAS/OMS, como observadores das ações de saúde executadas para a Copa do Mundo 2010

nullEntre 18 e 26 de Junho de 2010, reuniram-se na África do Sul, representantes brasileiros, ingleses, indianos e poloneses para participação no treinamento "International Mass Gathering Observer Programme 2010 FIFA World Cup South Africa" promovido pela Organização Mundial de Saúde com foco ao aprimoramento da preparação destes países para eventos em massa que ocorrerão em seus países e promoverão a circulação de milhares de turistas. Num período de cinco anos, entre 2011 e 2016 o Brasil será sede e terá de se preparar para os grandes desafios como os Jogos Mundiais Militares, Copa das Confederações, Copa do Mundo e Jogos Olímpicos e Paraolímpicos.

nullA experiência na África do Sul visa contribuir para o início de um longo trabalho de mobilização, articulação e construção junto a todos os setores envolvidos para que o Brasil esteja igualmente pronto aos desafios impostos por estes eventos em massa. Nesta missão, além das equipes de Saúde do Ministério da Saúde e do Município do Rio de Janeiro, estavam presentes dois representantes do Ministério da Defesa do Brasil. A atividade foi executada com articulação e o apoio da Representação da OPAS/OMS no Brasil e pela própria OMS.

nullA visita foi realizada aos grandes centros de comando e controle com funcionamento específico durante o evento nas estruturas e serviços na África do Sul. A diversidade dos atores envolvidos nas operações levou a equipe a refletir a necessidade que sejam desenvolvidas unidades com capacidade semelhante de modo a integrar diferentes instituições, inclusive àquelas que aparentemente não estão diretamente relacionadas ao processo. O Ministério da Saúde da África do Sul, juntamente com outros setores, criou uma coordenação específica com uma equipe exclusiva para tratar do tema.

Destaca-se como ponto forte dessa estrutura para a Copa do Mundo a montagem de unidades localizadas em pontos estratégicos (junto aos estádios, hotéis e centros de treinamentos, por exemplo), visando dar agilidade à resposta, com capacidade para atuar frente a qualquer tipo de emergência seja decorrente de doenças, como também a desastres naturais, eventos acidentais ou intencionais relacionados a agentes biológicos, químicos ou radionucleares.

nullA participação nessa missão permitiu a equipe identificar que, com relação às ações de Vigilância em Saúde (pontos de entrada, vigilância epidemiológica, ambiental e sanitária), o plano de ação que está sendo desenvolvido para os eventos vindouros está na direção certa. A experiência na África do Sul, que é um país em desenvolvimento com características similares ao Brasil, contribuiu para dar continuidade ao processo de discussão e aprimoramento dos planos e, principalmente, para o Plano de Preparação e Resposta do Setor Saúde para possíveis Emergências que possam ocorrer durante os V Jogos Mundiais Militares. O grande desafio atual é a integração com as instituições organizadoras: Federação Internacional de Futebol (FIFA), Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Comitês Olímpicos Internacional (COI) e Brasileiro (COB).

 

Campus Virtual

 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595