Skip to content

Programa de Cooperação Internacional em Saúde

Seminário da SGTES/MS começa com painel internacional de formação médica

O painel “International Meeting of Medical Education for UHCS”,coordenado pelo Secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde (SGTES/MS), Francisco Campos, abriu hoje, 19 de julho de 2010, em Brasília, o Seminário Nacional da Gestão do Trabalho e Educação na Saúde. O evento discutirá até o dia 21 a evolução da gestão do trabalho e da educação na saúde na última década e é realizado com o apoio da OPAS/OMS.

O Secretário Francisco Campos, na abertura dos trabalhos, informou que cerca de 10 mil especialistas discutem hoje a formação de profissionais de saúde e que esta ação tem o apoio do Programa de Cooperação Internacional (TC 41) da OPAS/OMS. Campos alertou que este Termo de Cooperação promove a apóia ações de intercâmbio de experiências, entre elas o CIRHUS, que é um curso de formação de lideranças em RH, que acaba de formar mais um turma no Equador, em parceria com os governos de cada país, Ministério da Saúde/Fiocruz e triangulação da OPAS. O titular da SGTES também chamou a atenção para as ações de RH desenvolvidas no âmbito da UNA-SUL (União das Nações Sul-Americanas). 

UNA-SUL

Logo depois, o coordenador do Comitê de Saúde da UNA-SUL, Paulo Buss, atual diretor do CRIS, Centro de Relações Internacionais da Fiocruz, explicou como funciona a segmento saúde no âmbito da União das Nações Sul-Americanas, salientando tratar-se de um bloco de países que têm como idiomas oficiais o português, o espanhol e o holandês, que é falado apenas no Suriname. 

A UNA-SUL foi criada em 2008, integrando 12 países sul-americanos. O grupo de saúde já organizou três reuniões para discutir estratégias e tem como objetivo construir um espaço de integração em matéria de saúde para promover políticas comuns. Buss falou também sobre a criação do Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde no âmbito da UNA-SUL, que conta com apoio financeiro internacional e dará suporte à formação de gestores para ministérios de Saúde. O Instituto funcionará no Rio de Janeiro.

Educação e Saúde

Após a apresentação de Paulo Buss, o Secretário Francisco Campos fez ampla explanação sobre a formação médica no Brasil tendo como debatedores Jeanne Michel (MEC/Brasil) e Manuel Núñez Vergara (MS/Peru). O coordenador do TC 41, José Paranaguá de Santana, foi o moderador dos debates.

A representante do Ministério da Educação do Brasil, Jeanne Michel, falou sobre a importância da qualificação das escolas da área de biomedicina. O representante do Ministério da Saúde do Peru salientou que, apesar dos esforços do governo, os problemas de mortalidade materno-infantil ainda são grandes e que este é um dos principais problemas a ser enfrentado pelo país junto com a qualificação dos profissionais de saúde. Outro grande desafio é levar especialistas para os locais de difícil acesso, principalmente nas montanhas, em comunidades localizadas a quatro mil metros de altitude.

Também falaram sobre a situação em seus estados e países os seguintes profissionais: Kenya Reibnitz (UFSC/Brasil), Jerry Toelsie (Anton de KoM Universiteit/Suriname), Monica Abramzon (UBA/Argentina), Henry Campos (UFC/Faimer Brasil), Roberto Esteves (OPAS/Brasil), Ana Estela Haddad (SGTES/Brasil) e Mourado Belaciano (ABEM/Brasil).

Eixos temáticos

O Seminário Nacional reúne cerca de 2.000 pessoas, entre coordenadores dos cursos das 14 áreas da saúde, diretores clínicos dos hospitais de ensino, representantes do CONASS e do CONASEMS, coordenadores estaduais da Política de Educação Permanente em Saúde, representantes das ETSUS, RUTE e Telessaúde, OPAS/OMS e de instituições parceiras nacionais e internacionais. O Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, abre oficialmente o evento hoje às 19 horas.

Três eixos temáticos concentrarão a dinâmica do evento: Integração e Parceria no Trabalho e na Educação na Saúde; Inovação no Trabalho e na Educação na Saúde; e Valorização e Qualificação do Trabalho e na Educação na Saúde.

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595