Boletins Panaftosa

Home


OPAS/OMS no Brasil apóia realização de oficina para capacitação de profissionais de saúde do Haiti

Imprimir E-mail

A SGTES/Ministério da Saúde, com o apoio da OPAS/OMS no Brasil, promoverá uma oficina de trabalho preparação de docentes que atuarão na formação de técnicos de nível médio da atenção primária em saúde do Haiti. O evento será realizado em Fortaleza, Ceará, de quatro a dez de outubro de 2010 e conta também com a colaboração de profissionais da saúde de Cuba. A oficina é resultado de demanda apresentada pelo governo do Haiti em junho, quando uma missão de técnicos da SGTES e consultores da OPAS visitaram o país para conhecer a realidade na área da saúde após o terremoto ocorrido em janeiro.

A oficina conta com a participação de representantes do Ministério da Saúde do Brasil, do Ministério de Saúde Pública de Cuba, do Ministério de Saúde Pública e População do Haiti, da OPAS/Haiti e da OPAS/BRA, da Secretaria de Estado da Saúde do Ceará, da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza e de docentes de Escolas Técnicas de Saúde do SUS. A consultora da OPAS junto a SGTES, Cláudia Marques, participa da organização do evento. A foto acima registra uma das reuniões realizadas pela missão brasileira ao Hati em junho.

A capacitação tem como objetivo discutir a formação de trabalhadores da saúde referenciada no modelo da atenção primária em saúde; conhecer a organização do sistema municipal de saúde de Fortaleza, com ênfase na atuação das equipes de Saúde da Família e dos Conselhos de Saúde (controle social); conhecer a organização do sistema de saúde no Estado do Ceará, com ênfase na atenção primária, na regionalização e nos fluxos da rede de atenção – sistema de referência hospitalar e Serviço de Atendimento Médico de Urgência – SAMU, e discutir eixos norteadores da educação profissional em saúde e as características de funcionamento da Escola Técnica de Saúde do Ceará, além de elaborar proposta de operacionalização dos cursos de formação de técnicos de nível médio da atenção primária em saúde do Haiti.

Programação da oficina:

Dia 04 de outubro – Manhã

Local: Hotel Mareiro

 

8h30min – Credenciamento dos participantes

 

9 horas – Abertura

 

Ministério da Saúde do Brasil

Ministério de Saúde Pública de Cuba

Ministério de Saúde Pública e População do Haiti

OPAS/Haiti e da OPAS/BRA

Secretaria de Estado da Saúde do Ceará

Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza 

 

9h30min – Panorama mundial da renovação da atenção primária em saúde

            Dr. Félix Rigoli – OPAS/BRA

 

10h30min – A organização do Sistema de Saúde Brasileiro

            Dra. Elizabeth Susana Wartchow – Departamento de Atenção Básica/MS/Brasil 

 

11h30min – Debates e sínteses: situação epidemiológica e sistemas de saúde; necessidades de saúde e determinantes sociais; organização de serviços com ênfase em ações de promoção, prevenção, curativas, reabilitação e paliativas.

 

12 horas – Almoço

 

Dia 04 de outubro – Tarde

 

14 horas – A organização da atenção primária no Estado do Ceará – linha do tempo (1980 – 2010)

            Dra. Imaculada da Fonseca – SESA/CE

 

15 horas – Debates e sínteses: território sanitário – áreas e macroáreas de saúde e a função do Agente Comunitário de Saúde; saúde coletiva e individual; principais indicadores de saúde e sistemas de informação em saúde.

 

15h30min – Intervalo

 

16 às 19 horas – Visita ao núcleo de Atenção Primária em Saúde do município de Maracanaú/CE.

 

Dia 05 de outubro – Manhã e Tarde

 

Local: Bom Jardim – Unidade de Saúde Fernando Diógenes

 

9 horas – A organização da atenção primária em saúde no Município de Fortaleza

            Dra. Lídia Dias – SMS/Fortaleza

 

10 horas – Debates e sínteses: territorialização – adscrição de população e clientela; riscos sócio-sanitários de microáreas; participação social; processo de trabalho da equipe de saúde da família – vínculo e humanização da assistência, indicadores e avaliação de resultados.

 

11 horas – Visita à unidade de saúde.

 

12h30min – Almoço

 

13h30min – Controle social em saúde – aspectos legais

 

14h30min – Debate: Organização e funcionamento do controle social.

            Representantes dos Conselhos Local, Regional, Municipal de Fortaleza e Estadual de Saúde

 

16 horas – Intervalo

 

16h30min – Debates e sínteses: Política Pública de Saúde e participação comunitária ativa; democracia e cidadania, controle social e organização dos sistemas de saúde.

 

18 horas – Encerramento das atividades do dia

 

Dia 06 de outubro – Manhã

 

9 horas – Regionalização da saúde e os fluxos das redes de atenção no Estado do Ceará – referência e contra-referência, redes de urgência e emergência

            Dra. Vera Coelho

 

10h30min – Intervalo

 

11h – Debates e sínteses: articulação da Atenção Primária à Saúde aos serviços secundários e terciários de atenção, os fluxos sanitários dos territórios de saúde e a qualidade no atendimento às demandas da população.

 

12 horas – Almoço

 

 

Dia 06 de outubro – Tarde

 

14 horas – Visita à Central de Regulação Médica do SAMU – Litoral Leste – fluxos de urgência e emergência

 

16h30min – Visita ao Hospital Gonzaguinha de Messejana (maternidade e hospital geral de alta complexidade) – fluxos de atenção materna e infantil

 

18 horas – Encerramento das atividades do dia

 

Dia 07 de outubro – Manhã

 

Local: Escola Técnica de Saúde do Ceará/ESP

 

8h30min – Política de Educação Profissional no Brasil e de Educação Permanente

 

As especificidades das Escolas Técnicas de Saúde do SUS.

            Dra. Clarice Ferraz – MS/Brasil

 

10 horas – Intervalo

 

10h30min – A Escola Técnica de Saúde do Ceará – gestão escolar, organização administrativa, pressupostos pedagógicos, formação docente

            Dra. Maria Ivanília Tavares Timbó – Coordenadora da ETSUS/CE

 

12 horas: Debates e sínteses: função da escola no provimento de trabalhadores de saúde; integração ensino-serviço; competência profissional e resolutividade dos serviços de saúde.

 

12h30min – Almoço

 

Dia 07 de outubro – Tarde

 

Local: Escola Técnica de Saúde do Ceará/ESP

 

14 horas – Vivência do processo de capacitação pedagógica de docentes

 

16 horas– Intervalo

 

16h30min – Vivência do processo de capacitação pedagógica de docentes

 

19horas – Visita à sala de aula do curso de formação de Técnicos em Saúde Bucal – 15 participantes. (ESP/CE).

 

Dia 08 de outubro – Manhã

 

Local: Escola Técnica de Saúde do Ceará/ESP

 

9 horas – Vivência do processo de capacitação pedagógica de docentes

 

10h 30min – Intervalo

 

12h30min – Almoço

 

Dia 08 de outubro – Tarde

 

Local: Escola Técnica de Saúde do Ceará/ESP

 

14 às 16 horas – Análise dos processos vivenciados nos dias anteriores, na perspectiva de esclarecer dúvidas e aprofundar conceitos, metodologias e estratégias de educação profissional desenvolvidos no Brasil.   

 

16 horas – Intervalo

16h30min às 18 horas - Debates e sínteses: Unidades de aprendizagem – os papéis do professor e aluno; metodologias ativas de aprendizagem; avaliação do processo ensino aprendizagem.

 

19 horas – Visita à sala de aula do curso de formação de Técnicos em Saúde Bucal – 15 participantes (Escola Estadual Figueiredo Correia). 

 

Dia 09 de outubro – Manhã e Tarde

 

Local: Escola Técnica de Saúde do Ceará/ESP

 

9 às 12 horas – Elaboração do plano operativo tendo em vista a execução dos cursos de formação de ACS e técnicos de enfermagem no Haiti – estrutura organizacional de ensino, localidades e turmas de alunos, composição de professores para ministrar cursos tendo em vista competências e domínio de língua, práticas em serviços de saúde e comunidades, logística para professores e estudantes, etc

 

12 horas – Almoço

 

14 às 18 horas – Elaboração de estratégias para viabilizar a execução dos cursos de qualificação e formação de técnicos de nível médio da atenção primária em saúde do Haiti considerando  dificuldades identificadas

 

Dia 10 de outubro – Manhã e Tarde

 

Local: Escola Técnica de Saúde do Ceará/ESP

 

9 às 12 horas – Elaboração de um plano para dar continuidade á formação de professores no Haiti a cargo de um grupo tutor de formação.

 

12 horas – Almoço

 

14 às 16 horas – Elaboração de documento final com os principais produtos/resultados do seminário.

 

17 horas – Avaliação e encerramento

Mais informações

Última atualização em Ter, 28 de Setembro de 2010 12:18
 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595