Skip to content

Projeto Qualificação do Processo de Produção de Vacinas BCG

Imprimir E-mail
nullEm reunião realizada no dia 23 de setembro de 2010, na sede da Fundação Ataulpho de Paiva (FAP), na cidade do Rio de Janeiro, representantes do Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde (DECIIS) do Ministério da Saúde, da FAP e OPAS/OMS Brasil discutiram as propostas para execução do Projeto "Qualificação do Processo de Produção de Vacinas BCG (Bacilo Calmette-Guérin) por meio da Modernização da Planta Produtiva do Parque Fabril de Xerém". 

A Fundação Ataulpho de Paiva (FAP) - Liga Brasileira Contra a Tuberculose é uma instituição que, em seus 109 anos de existência, tem como principal missão o combate à tuberculose. Tornou o Brasil autosuficiente na produção da Vacina BCG com um estoque da estirpe BCG Moreau Rio de Janeiro (uma das quatro aprovadas e reconhecidas pela OMS) e com produção da ordem de 450 bilhões de doses com potencialidade para atender a demandas do mercado externo.

O objetivo principal do projeto é a modernização da unidade de produção fabril de Xerém para a qualificação do processo de produção de vacinas BCG trazendo como principais resultados: (i) a ampliação da capacidade de produção de vacinas BCG; (ii) o atendimento às normas de Boas Práticas de Fabricação, (iii) a ampliação do acesso aos serviços de saúde, (iv) a melhoria do controle de qualidade na produção e, (v) a expansão da presença brasileira no mercado de imunoterápicos.

Espera-se que o projeto, executado em parceria com o Ministério da Saúde e a OPAS/OMS Brasil por meio do Termo de Cooperação nº. 59, seja executado no intervalo de um ano com investimentos na ordem de R$2.700.000,00 (dois milhões e setecentos mil reais).

Última atualização em Qua, 29 de Setembro de 2010 10:22

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595