Organização Pan-americana da Saúde. Brasil

Skip to content



Destaques

Últimas notícias

Reunião de Planejamento do Projeto "Vida no Trânsito" em Belo Horizonte

Representantes da OPAS/OMS no Brasil, membros das comissões nacional e local do projeto Vida no Trânsito reúnem-se nos dias 19 e 20 de outubro, em Belo Horizonte-MG, em oficinas para a elaboração do plano de ação na capital mineira.

Belo Horizonte – uma das cinco capitais brasileiras que compõem o grupo de cidades que integram o projeto “Vida no Trânsito” no País – possui uma área de 331km2 e uma população de 2,4 milhões de habitantes, sendo o centro de uma Região Metropolitana composta por 34 cidades. Seu sistema viário tem uma extensão de 4.709 km e uma frota de mais de 1,2 milhão de veículos.

O plano de ação local é uma das etapas previstas no projeto. Nesta fase, a comissão municipal, com auxílio da comissão nacional e parceiros, traça estratégias para o enfrentamento dos fatores de risco no trânsito, priorizando a questão da velocidade inadequada e a direção após consumo de álcool.

O enfrentamento dos fatores de risco se dará a partir de atividades pautadas em cinco pilares definidos no Plano da Década 2011–2020 para a redução da morbimortalidade no trânsito: Gestão da Segurança Viária; Infraestrutura viária segura; Segurança veicular; Segurança dos usuários das vias e Atendimento ao trauma, assistência pré-hospitalar, hospitalar e reabilitação.

Em Belo Horizonte, a oficina de trabalho reuniu os consultores da OPAS/OMS no Brasil envolvidos no projeto, representantes dos setores de saúde, trânsito e transporte do Município e do Estado, bem como os interlocutores dos Ministérios da Saúde e das Cidades e da Global Road Safety Partnership.

Os trabalhos foram abertos na manhã do dia 19, com as saudações dos Drs. Fabiano Pimenta (Secretaria Municipal de Saúde) e Otaliba Libânio (Ministério da Saúde). Dra. Mercedes Maldonado, consultora internacional da OPAS/OMS no Brasil, apresentou a questão da morbimortalidade no trânsito e o que representa o Projeto RS10 em nível mundial, bem como o papel da OPAS/OMS na inciativa. Dr. Libânio apresentou as estatística as nacionais, o Plano da Década (início, objetivo e metas) e contextualizou as ações do “Vida no Trânsito” no Brasil, assim como a metodologia da elaboração dos planos locais.

Em seguida a diretora de Desenvolvimento e Implantação de Projetos da Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte - BHTRANS, Jussara Bellavinha, expôs a atual situação da mobilidade na capital mineira, estatísticas, e as particularidades das fontes e sistemas de informação locais.    

Pela tarde, foram formados grupos de trabalho com objetivo de traçarem-se os planos de ação voltados às intervenções relacionadas à segurança no trânsito no curto e médio prazos, definirem-se metas e métodos para a consecução dos resultados pretendidos. Os trabalhos tiveram seqüência no dia seguinte, com os grupos se reunindo em uma plenária.

 

Proyecto Mais Medicos

Campus Virtual

virus ebola na Africa

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595