Boletins Panaftosa

Home


Reunião de Planejamento do Projeto "Vida no Trânsito" em Belo Horizonte

Imprimir E-mail

Representantes da OPAS/OMS no Brasil, membros das comissões nacional e local do projeto Vida no Trânsito reúnem-se nos dias 19 e 20 de outubro, em Belo Horizonte-MG, em oficinas para a elaboração do plano de ação na capital mineira.

Belo Horizonte – uma das cinco capitais brasileiras que compõem o grupo de cidades que integram o projeto “Vida no Trânsito” no País – possui uma área de 331km2 e uma população de 2,4 milhões de habitantes, sendo o centro de uma Região Metropolitana composta por 34 cidades. Seu sistema viário tem uma extensão de 4.709 km e uma frota de mais de 1,2 milhão de veículos.

O plano de ação local é uma das etapas previstas no projeto. Nesta fase, a comissão municipal, com auxílio da comissão nacional e parceiros, traça estratégias para o enfrentamento dos fatores de risco no trânsito, priorizando a questão da velocidade inadequada e a direção após consumo de álcool.

O enfrentamento dos fatores de risco se dará a partir de atividades pautadas em cinco pilares definidos no Plano da Década 2011–2020 para a redução da morbimortalidade no trânsito: Gestão da Segurança Viária; Infraestrutura viária segura; Segurança veicular; Segurança dos usuários das vias e Atendimento ao trauma, assistência pré-hospitalar, hospitalar e reabilitação.

Em Belo Horizonte, a oficina de trabalho reuniu os consultores da OPAS/OMS no Brasil envolvidos no projeto, representantes dos setores de saúde, trânsito e transporte do Município e do Estado, bem como os interlocutores dos Ministérios da Saúde e das Cidades e da Global Road Safety Partnership.

Os trabalhos foram abertos na manhã do dia 19, com as saudações dos Drs. Fabiano Pimenta (Secretaria Municipal de Saúde) e Otaliba Libânio (Ministério da Saúde). Dra. Mercedes Maldonado, consultora internacional da OPAS/OMS no Brasil, apresentou a questão da morbimortalidade no trânsito e o que representa o Projeto RS10 em nível mundial, bem como o papel da OPAS/OMS na inciativa. Dr. Libânio apresentou as estatística as nacionais, o Plano da Década (início, objetivo e metas) e contextualizou as ações do “Vida no Trânsito” no Brasil, assim como a metodologia da elaboração dos planos locais.

Em seguida a diretora de Desenvolvimento e Implantação de Projetos da Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte - BHTRANS, Jussara Bellavinha, expôs a atual situação da mobilidade na capital mineira, estatísticas, e as particularidades das fontes e sistemas de informação locais.    

Pela tarde, foram formados grupos de trabalho com objetivo de traçarem-se os planos de ação voltados às intervenções relacionadas à segurança no trânsito no curto e médio prazos, definirem-se metas e métodos para a consecução dos resultados pretendidos. Os trabalhos tiveram seqüência no dia seguinte, com os grupos se reunindo em uma plenária.

Última atualização em Sex, 12 de Novembro de 2010 10:49
 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595