Skip to content

Reunião de Consulta sobre a "Estratégia global da OMS em HIV/aids para o setor da saúde - 2011/2015"

Imprimir E-mail

nullA Unidade de Saúde Familiar da OPAS/OMS e o Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde organizam reunião de consulta sobre o documento “Estratégia global da OMS em HIV/aids para o setor da saúde -  2011/2015”. Os chefes dos programas nacionais de HIV/aids de Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai e membros da sociedade civil do Brasil e Uruguai estiveram reunidos os dias 14 e 15 de outubro de 2010, na sede da OPAS/OMS em Brasília para discutir este documento.

   A reunião teve lugar no marco das ações da Comissão Intersetorial de HIV/aids do MERCOSUL, cuja Secretaria Pro-Tempore corresponde neste semestre ao Brasil. A reunião foi presidida pelo Coordenador de Saúde do Brasil no MERCOSUL, Carlos Felipe D' Oliveira e foi considerada uma sessão extraordinária da Comissão.  
   A visibilidade política do MERCOSUL como bloco regional para promover avanços nos desafios postos pela epidemia de HIV/aids nos países da região é um espaço privilegiado para desenvolver agendas mais amplas no campo da saúde pública de maneira articulada e coordenada entre os países.   Ao mesmo tempo, a discussão do documento da OMS na Comissão Intersetorial de HIV/AIDS do MERCOSUL, de acordo com os participantes, tem um valor duplo ao fortalecer este mecanismo de cooperação e na contribuição que oferece para produzir consensos e recomendações que orientem melhor a cooperação horizontal entre a OPAS/OMS e os países da região.  
   O objetivo da reunião foi elaborar um documento conjunto do MERCOSUL com recomendações para a “Estratégia Global da OMS em HIV/AIDS para o setor da saúde - 2011/2015”, documento proposto pela OMS para traçar os principais desafios da aids no mundo e nortear suas principais formas de contribuição para a redução das novas infecções de HIV a partir do setor saúde.  
   O grupo de diretores de programa reconheceu o papel que a OPAS/OMS vem desempenhando na discussão de temas essenciais para a saúde pública e, em particular, para o fortalecimento das respostas ao HIV/aids o que aprimora a capacidade de resposta dos países e a possibilidade de trabalhar em conjunto com alguns objetivos estratégicos. Os participantes refletiram com detalhe sobre o documento, fizeram contribuições e destacaram as estratégias de participação da sociedade civil na região nas respostas ao HIV/aids como uma contribuição relevante ao campo da saúde.  
   O documento vai ser entregue aos Ministros de Saúde do bloco na sua próxima reunião no mês de dezembro e será encaminhado posteriormente para a OMS. 

Última atualização em Sex, 05 de Novembro de 2010 09:32

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595