Boletins Panaftosa

Home Página Principal Oficina da Universidade do SUS debate projeto político-pedagógico

Programa de Cooperação Internacional em Saúde



Oficina da Universidade do SUS debate projeto político-pedagógico

A UNA-SUS realiza dias nove e 10 de novembro de 2010, em Belo Horizonte, MG, a “Oficina UNA-SUS: projeto político-pedagógico de cursos de especialização na modalidade de educação à distância”. A UNA-SUS congrega 22 instituições acadêmicas, serviços de saúde e gestão com o objetivo de atender às necessidades de formação e educação permanente do SUS. A oficina é realizada em parceria com o Núcleo de Educação em Saúde Coletiva (Nescon), da Faculdade de Medicina da UFMG, com o apoio da Representação da OPAS/OMS no Brasil, Ministério da Saúde e demais instituições da rede.

O gerente do Programa de Cooperação Internacional em Saúde (TC 41) da OPAS, José Paranaguá de Santana, que é Assessor Técnico Principal da Secretaria Executiva da UNA-SUS, está sendo representado no evento pelo Coordenador Administrativo Marcos Mandelli (Fiocruz). A oficina é organizada em dois momentos: primeiro, a revisão detalhada dos avanços e desafios dos projetos da instituição para depois discutir um plano político-pedagógico.

Ao final, a expectativa é elaborar um documento com bases conceituais e operacionais políticas e pedagógicas para as cerca de 20 iniciativas da UNA-SUS em andamento, entre elas o Curso de Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família (CEABSF) do Nescon.

Qualificação

A UNA-SUS é uma ação da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde que possibilita saltos em qualidade, tempo, escala, custo e efetividade das ações de educação em saúde. Essa rede que integra o sistema educacional e o SUS tem como grande aliada a implantação de novas tecnologias educacionais.

Segundo Vinícius de Araújo Oliveira, consultor da OPAS/OMS junto ao Ministério da Saúde e responsável técnico pelo projeto UNA-SUS, o diferencial da proposta é a maneira como as atividades se dividem e se articulam. “Elas estão separadas em quatro componentes: formulação de conteúdo, educação a distância, titulação dos estudantes e apoio local à aprendizagem, com suporte das tecnologias disponíveis”.

A meta estabelecida para a UNA-SUS prevê a qualificação, até 2011, de 52 mil especialistas em saúde da família, além da capacitação gerencial de outros 100 mil. Para tanto, estão sendo firmadas parcerias com universidades públicas para oferta de cursos, que devem ser adaptados às realidades locais e lançar mão de atividades presenciais e a distância.

Coordenação

A Secretaria Executiva da UNA-SU funciona nas instalações da Fiocruz/Brasília, no campus da UnB, e tem a seguinte estrutura: o Assessor Técnico Principal da Secretaria Executiva é José Paranaguá de Santana- coordenador do Programa de Cooperação Internacional (TC 41) da OPAS/OMS; Antônio Ferreira Lima Filho (SGTES) é o Coordenador Administrativo/MS; Marcos Mandelli (Fiocruz) é o Coordenador Administrativo/Fiocruz e Vinícius Oliveira (consultor da OPAS) é o Consultor Técnico. O Colegiado Institucional da UNA-SUS tem cinco integrantes, dois representam a SGTES/MS: as Diretoras Ana Estella Haddad e Márcia Sakai; dois representam a Fiocruz: Antônio Ivo de Carvalho, Diretor da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP/Fiocruz) e Maria do Carmo Leal, Vice-Presidente de Ensino, e Felix Rigoli, gerente da Área de Sistemas de Saúde da OPAS/OMS no Brasil.

A Secretaria Executiva da UNA-SUS foi instituída por meio de Portaria GM de 28 de maio de 2010 com a missão de coordenar um processo de fortalecimento institucional da Universidade Aberta de modo a assegurar a execução e a sustentabilidade de seu programa de trabalho; articular as diversas instâncias da SGTES/MS, da Fiocruz e da OPAS/OMS envolvidas com a implantação e o fortalecimento da UNA-SUS, visando dotá-la de instrumental técnico e administrativo para a execução de seu programa de trabalho; apoiar tecnicamente a UNA-SUS em suas articulações com as diversas secretarias do Ministério da Saúde e com as SES, as SMS e as instituições educacionais, além de propiciar apoio às equipes técnicas encarregadas do programa de trabalho da instituição.


Clique aqui para mais informações

 

 





Rede CADRHU/CIRHUS

 



 

Telessaúde

 

 


Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595