Organização Pan-americana da Saúde. Brasil

Skip to content



Destaques

Últimas notícias

O Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, com o apoio da OPAS/OMS no Brasil, SVS e SAS avalia com as Secretarias da Saúde de Goiás e de Goiânia os seus Planos de Contingência para dengue

nullNo dia 21 de janeiro de 2011, o Ministro de Estado da Saúde, Alexandre Padilha, avaliou os planos de contingência, com a apoio de  técnico da OPAS/OMS no Brasil, Haroldo Bezerra, SVS e SAS, em articulação com as Secretarias de Saúde de Goiás e Goiânia.

nullOs técnicos (OPAS/OMS Brasil, SVS e SAS) realizaram reuniões com as equipes de ambas as secretarias de saúde (Goiás e Goiânia), no perído de 19 a 20 de janeiro de 2011, onde foram discutidos os estágios de implantação de seus planos.

Além de reuniões foram realizadas visitas ao Centro de Controle de Zoonoses de Goiânia, que é responsável pelo controle vetorial do município, dentre outras atribuições, e a unidades de saúde. Os planos já estão sendo implementados tanto pelo estado como pelo município de Goiânia, e contemplam uma séria de ações de vigilância epidemiológica, controle de vetores, laboratório/monitoramento da circulação viral, gestão, educação em saúde e mobilização social.

nullDentre as atividades realizadas destacam-se no estado: a implantação do comitê estadual pra avaliação de óbitos; as capacitações regionais para manejo de pacientes com dengue; e distribuição de material educativo para os municípios de maior risco.

Na implantação do plano de contingência de Goiânia, destacamos: a implantação da resposta coordenada, ampliação quanti-qualitativamente a oferta e realização de exames inespecíficos, a intensificação das ações de controle em situações de surto/epidemias com estratificação de risco, fortalecer e intensificar as ações de educação e mobilização social contra a dengue.

nullNa visita de Alexandre Padilha, a Goiás, o Ministro se reuniu com o Governador Marconi Perillo, e também com os secretários de Saúde do Estado de Goiás, Antônio Faleiros, e da capital, Elias Rassi Neto para reforçar a necessidade de ações de mobilização contra a dengue e de preparação da rede de saúde para atendimento aos pacientes acometidos pela doença.

Em Goiás, no ano de 2010, foram notificados 112.774 casos de dengue, o que corresponde a um aumento de 122% quando comprado a 2009 (50.807 casos). Destes casos, 1.192 foram de formas graves (FHD + dengue com complicação), e foram confirmados até o momento 86 óbitos. Neste ano, até a semana a 2ª semana epidemiológica (até 15/1/2011), foram notificados 1.569 casos, o que corresponde a uma redução de 87% quando comparado a igual período de 2010 (12.492 casos). Até o momento não há registros de casos graves ou óbitos.

 

Campus Virtual

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595