Skip to content

Pró-Saúde planeja ações do semestre para as regiões Norte e Nordeste

Imprimir E-mail

nullMinistério da Saúde, OPAS/OMS e Universidades Federais do Ceará e de Roraima se reuniram em 16 de março para planejar atividades do Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde - Pró-Saúde para as regiões Norte e Nordeste. As diretrizes apontadas foram: institucionalização das ações nas instituições de ensino e serviços de saúde, redirecionamento das ações para um trabalho em rede e multiprofissional e alinhamento das ações às prioridades do Ministério da Saúde.   

Entre as deliberações do encontro, decidiu-se pela realização de um Seminário para continuidade do planejamento a das ações do projeto na região Norte com data prevista para maio.

“Considerando as especificidades das regiões Norte e Nordeste, o Ministério da Saúde resolveu apoiar os projetos de mudança em cursos de graduação para essas regiões. Foram aprovados projetos para as Universidades Federais do Amazonas, do Amapá, do Acre, de Roraima, de Rondônia, do Pará, de Tocantins, do Ceará e do Maranhão”, explicou a consultora OPAS/OMS e responsável pela gestão do Pró-Saúde, Thaís Campos Valadares Ribeiro.

O Pró-Saúde foi criado em 2005, em parceria entre Ministério da Saúde e Ministério da Educação e  Organização Pan Americana da Saúde - OPAS/OMS, e inclui-se entre as atividades do Programa de Políticas de Recursos Humanos em Saúde, no Termo de Cooperação 57. Para mais informações clique aqui.

Última atualização em Ter, 22 de Março de 2011 14:17

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595