Boletins Panaftosa

Home


OPAS/OMS Brasil apoia Missão Técnica de Avaliação do Programa Nacional de Controle de Hanseníase do Haiti.

Imprimir E-mail

nullO terremoto de janeiro de 2011 afetou visivelmente o já fragilizado Sistema de Saúde do Haiti. Dos 25 prédios do Ministério de Saúde Pública, somente o Laboratório Nacional de Saúde Pública resistiu o movimento sísmico. Visto a necessidade de restituir as ações do Programa Nacional de Hanseníase de Haiti, a Assessora Regional para o Programa de Lepra das Américas e Caribe realizou uma visita técnica de avaliação.

nullEmbora o número de casos novos de Hanseníase registrados pelo programa no país seja baixo (26 casos em 2010), o programa encontra-se centralizado em duas unidades de saúde, na Capital Port-au-Prince e em Lèogane, ambas localizadas no Departamento Oeste.  Chamou a atenção que a apesar de ter uma baixa prevalência, o número de casos novos multibacilares e o número em crianças menores de 15 anos está em aumento progressivo nos últimos anos, o que demonstra transmissão ativa da doença.

nullConsiderando que após o terremoto, existem perto de um milhão de deslocados que se encontram atualmente concentrados vivendo em 1.061 campos registrados, e sabendo que a transmissão da Hanseníase é favorecida pelo contato próximo recomendou-se ação urgente para promover o diagnóstico precoce e a vigilância de contatos, dentre outras coisas.

Última atualização em Ter, 05 de Julho de 2011 08:07
 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595