Skip to content

Programa de Cooperação Internacional em Saúde

Encontro sobre APS reúne OPAS/OMS, Fiocruz e s Ministérios da Saúde do Brasil e do Paraguai

nullA ministra de Saúde de Paraguai, Esperanza Martínez, o representante da OPAS/OMS no Paraguai, Rubén Figueroa e o gerente de Sistemas e Serviços da OPAS/OMS no Brasil, Felix Rigoli abriram reunião sobre avanços e perspectivas da cooperação técnica no contexto da Atenção Primária à Saúde (APS) no Paraguai, triangulada pela OPS/OMS. O encontro foi realizado entre 23 e 24 de maio, em Assunção.

A ministra destacou o compromisso e avanços de Paraguai e Brasil ao fixar um caminho para a continuidade do processo de Estratégia de Atenção Primaria em Saúde.

Desde 2008, a partir de uma demanda do governo de Paraguai ao Governo Brasileiro e entendimentos entre as representações da OPAS/OMS, o Programa de Cooperação Internacional em Saúde da OPAS/OMS no Brasil (TC 41) vem apoiando o fortalecimento do Ministério da Saúde do Paraguai nas áreas de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde; Plano Nacional de Saúde; Atenção Primária à Saúde, com foco na formação de Equipes de Saúde da Família.

O país vem construindo uma política de saúde a partir de princípios de universalidade, integralidade, equidade, interculturalidade e participação social e conta hoje com 503 equipes de Saúde da Família.

nullFelix Rígoli reafirmou o compromisso da OPAS/OMS, no âmbito do TC 41, para o desenvolvimento de projetos de cooperação internacional pautados pelo interesse dos países, interlocução entre Ministérios de Saúde, Representações da OPAS/OMS e Instituições nos países.

Destacou também as evidências científicas do impacto do Programa de Saúde da Família no Brasil e reafirmando que basear os sistemas de saúde na APS é a melhor abordagem para produzir melhoras sustentáveis e equitativas na saúde das populações das Américas.

A Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) apresentou o desenvolvimento das atividades de cooperação ao longo dos dois anos e meio, incluindo a estruturação das equipes de Saúde da Família e a construção conjunta dos Guias clínicos para profissionais de APS.

Foi apresentada pela Fiocruz Cerrado/Pantanal e Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) a proposta do Curso de Especialização em Atenção Primaria de Saúde para Equipes de Saúde da Família no Paraguai, a partir da experiência nacional no contexto da UNA-SUS. O curso também será apoiado pelo TC 41.null

No segundo dia serão discutidos, com os possíveis tutores paraguaios pre-selecionados, os aspectos operativos do Curso de Especialização, incluindo as parcerias, desenho de planos de trabalho e estudos.

Também participam do evento, os diretores regionais e ministeriais de APS no Paraguai além de Maria Angélica Gomes (OPAS/Paraguai), Roberta de Freitas Santos (OPAS/Brasil), Carlos Eduardo Aguilera (Ensp/Fiocruz), Erica Kastrump (Cooperação Internacional da Ensp/Fiocruz), Antonio Flávio Ferraz (Fiocruz Cerrado/Pantanal), Vera Lúcia Kodjaoglanian (Fiocruz Cerrado/Pantanal), Jacinta Pereira Machado (Secretaria Municipal de Saúde do MS) e Cristiano Argemón Vieira (UFMS).

Saiba mais.

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595