Skip to content

Programa de Cooperação Internacional em Saúde

Gerente do Programa de Cooperação Internacional fala sobre a origem do Movimento Sanitário Brasileiro

Onull gerente do Programa de Cooperação Internacional (TC 41), José Paranaguá de Santana, concedeu uma entrevista à estudante de Sociologia da Universidade de Brasília, Ana Júlia Fernandes. Paranaguá, que participou do início da caracterização do movimento sanitarista brasileiro na década de 70, fez um resgate histórico do que serviu de base para o atual Sistema Único de Saúde.

Foram lembrados nomes de grandes sanitaristas que lideraram o movimento e promoveram mudanças fundamentais para a democratização da saúde no país, dentre eles, Sérgio Arouca, com a coordenação da 8ª Conferencia Nacional de Saúde.

Ao ser questionado pela estudante sobre o papel da ditadura militar nesse processo, o gerente do TC 41 explicou: “Para entender o movimento sanitário temos que ver o conjunto, a história, o contexto em que ele aconteceu. A ditadura brasileira, sua longevidade e a contradição de ter sido muito repressiva em vários momentos, mas ter permitido espaços para uma visão ambiciosa sobre o futuro do Brasil, ensejou também espaços de amadurecimentos e evoluções do movimento da reforma nullsanitária nos interstícios do regime ditatorial”.

Paranaguá também lembrou a importância da conferência realizada em 1978 na cidade de Alma-Ata, capital da República Socialista Soviética do Cazaquistão. O evento, organizado pelo UNICEF e a Organização Mundial de Saúde, foi a primeira conferencia mundial de atenção primária à saúde. “Apesar de o Brasil não ter participado diretamente, a Conferência de Alma-Ata foi referência muito forte para o movimento sanitário brasileiro. As bases doutrinárias e operacionais do SUS refletem em boa medida o que foi consagrado na Declaração de Alma-Ata”, esclareceu.

Para acessar a Declaração de Alma-Ata, clique aqui.

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595