Organização Pan-americana da Saúde. Brasil

Skip to content



Destaques

Últimas notícias

Proposto novo TC para o controle da tuberculose no município do Rio de Janeiro

nullNo dia 26 de julho de 2011, foi realizada uma reunião do Representante da OPAS/OMS no Brasil com a Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro para discutir uma proposta de Termo de Cooperação (TC) para o controle da tuberculose nas populações de maior vulnerabilidade social. A proposta inclui a expansão das atividades de controle na atenção primária em saúde, e a ação sobre os determinantes sociais em saúde dos doentes e seus familiares.

nullA tuberculose é uma doença prioritária no município do Rio de Janeiro, onde as taxas de incidência e mortalidade superam as taxas nacionais. Os indicadores operacionais do controle da doença mostram porcentagens de cura ao tratamento inferiores da média nacional, assim como porcentagens maiores de abandono ao tratamento. A condição socioeconômica das comunidades pobres urbanas e periurbanas é parte importante da causa da situação epidemiológica da doença no Rio de Janeiro.  

O Rio de Janeiro começou no ano 2003 o piloto de um modelo de atenção da tuberculose na comunidade da Rocinha na zona sul da cidade, embasado na implantação da estratégia de tratamento supervisionado recomendada pela OPAS/OMS e na participação da comunidade. O modelo tem sido fortalecido nos últimos anos com a expansão do programa de saúde da família (PSF) que atualmente tem uma cobertura de 100% nesta comunidade. Os esforços da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil são muito importantes neste tema da cobertura total do PSF na cidade, aumentando de 3% para 25% em um ano.

O TC proposto visa aprimorar as ações de controle da tuberculose para as populações que moram nas comunidades mais pobres da cidade a través do fortalecimento da atenção primaria em saúde, e pretende articular todos os programas de inclusão social atualmente em andamento, para que as pessoas com tuberculose e seus familiares consigam se beneficiar deles. Desta maneira o Município pode ser modelo na implantação de estratégias que cuidam do doente e das condições socioeconômicas de seu entorno familiar, com o que se procura quebrar o círculo que perpetua a doença.

A OPAS é a organização de saúde mais antiga do mundo, com 109 anos de atividade e funciona como Escritório Regional para as Américas da Organização Mundial da Saúde.  Os conhecimentos especializados e a experiência da OPAS/OMS no Brasil juntos com a vontade e interesse da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil, vão aprimorar as ações de prevenção e controle da tuberculose nas comunidades mais vulneráveis da cidade.

 

 

Campus Virtual

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595