Boletins Panaftosa

Home


OPAS/OMS no Brasil apóia o Grupo de Trabalho do Ministério da Saúde para preparação para introdução da vacina de dengue

Imprimir E-mail

nullA OPAS/OMS no Brasil, por meio de seus consultores internacional e nacional para dengue, Eric Martinez e Haroldo Bezerra, respectivamente, esteve apoiando a reunião do Grupo de trabalho do Ministério da Saúde responsável pela elaboração do plano de preparação para introdução da vacina de dengue realizada com os laboratórios desenvolvedores estatais e privados. A reunião aconteceu em São Paulo, em 26 de outubro de 2001, e teve o apoio logístico da Iniciativa para Vacina da Dengue (IVD).

Participaram da reunião, como membros efetivos do Grupo de Trabalho, técnicos do Departamento de Vigilância Epidemiológica/DEVEP/SVS, onde se destaca a presença da Coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Carla Magda; e o Coordenador-Geral do Programa Nacional de Controle da dengue, Giovanini Coelho; do Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde/SCTIE; e a da ANVISA. Os laboratórios desenvolvedores estatais e privados estiveram representados pelo Instituto Butantã, com destaque para participação do Presidente do Conselho Técnico Científico, Isaías Raw; FIOCRUZ/Glaxo; Merk, Sanofi-Pasteur. Pelos institutos de pesquisas e universidades estiveram presentes representantes do Instituto Evandro Chagas, Consuelo Oliveira; Universidade de São Paulo, Marcelo Buratini e Expedito Luna; FIOCRUZ, Ricardo Galler; e da  Iniciativa para Vacinas da Dengue, Luiz Jacintho da Silva.

A reunião teve por objetivo apresentar um resumo das atividades realizadas pelo Grupo de Trabalho, apresentar um rol de perguntas em que o grupo estará trabalhando para buscar as respostas.  As principias perguntas levantadas estavam relacionadas com o desenvolvimento das vacinas candidatas (ensaios clínicos, definição de casos, cenários epidemiológicos de utilização da(s) vacina(s), avaliação da imunogenicidade, etc), a segurança da(s) vacina(s) candidata(s), particularmente em longo prazo, a forma de  utilização da(s) vacina(s) (apresentação, grupos selecionados para os testes, etc), sua utilização para o controle de surtos/epidemias, assim como outras perguntas relacionadas com as estratégias de avaliação do(s) produto(s) vacinal(is), transferência de tecnologia, custo e possíveis fontes de financiamento.Também foram apresentadas  propostas de estudos a serem desenvolvidos com o apoio do Ministério da Saúde e os Institutos Nacionais de Pesquisa/Universidades, a exemplo da USP . O representante de ANVISA fez uma apresentação dos requerimentos legais e técnicos para o licenciamento de vacinas no Brasil. Os desenvolvedores estatais e privados apresentaram um resumo de seus projetos de desenvolvimento e suas perspectivas.

O Grupo reunido considerou importante esta iniciativa de compartilhamento de informação entre os desenvolvedores das diversas vacinas, e também foi importante para que o Grupo de trabalho pudesse atualizar suas informações sobre os avanços conseguidos por eles. Desta forma, foi programada uma próxima reunião para daqui a um ano, quando se estima que produzam novos avanços no desenvolvimento das vacinas. A OPAS/OMS apóia e acompanha muito de perto esta iniciativa que buscar aglutinar e compartilhar os esforços para o desenvolvimento desta importante vacina para todos os povos das Américas.

Última atualização em Qui, 03 de Novembro de 2011 09:55
 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595