Skip to content

A OPAS/OMS no Brasil apoia a vigilância da resistência do HIV no Chile

nullNos dias 3 e 4 de novembro de 2011 realizou-se uma reunião técnica na cidade de Santiago, Chile, com a participação do Programa Nacional de Prevenção e Atenção ao HIV/AIDS e DST do Ministério da Saúde do Chile, do Instituto de Saúde Publica e de membros do Comitê Cientifico Assessor do Ministério para HIV/AIDS e com o apoio técnico do assessor regional para a prevenção e avaliação da fármaco-resistência do HIV, Giovanni Ravasi, da OPAS/OMS no Brasil.

O objetivo da reunião foi o planejamento de uma estratégia nacional de controle da resistência do HIV conforme com as recomendações da OPAS/OMS.

Durante a reunião foram apresentados e discutidos temas quais a organização do Programa Nacional de HIV/AIDS e DST como marco da estratégia de controle da fármaco-resistência, a estratégia recomendada pela OPAS/OMS e as experiências chilenas na área de estudos de coortes de pacientes em tratamento antirretroviral, de estudos de vigilância da resistência transmitida e subtipos de HIV, e monitoramento da resistência secundaria.

A reunião permitiu identificar os elementos chave da futura estratégia de controle da resistência no Chile, tais como os Indicadores de Alerta Precoce da OMS, vigilância de resistência transmitida em adultos e de resistência inicial em pacientes pediátricos e o monitoramento da resistência secundaria. A OPAS continuará apoiando tecnicamente o processo de planejamento e implantação da estratégia, inclusive a aplicação do laboratório de biologia molecular e virologia do Instituto de Saúde Publica do Chile à rede global de laboratórios de fármaco-resistência da OMS (HIV ResNet).

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595