Home Banco de Notícias


Ministério da Saúde assina parceria com a Fundação Bill & Melinda Gates

Imprimir E-mail

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinou, na abertura do Encontro com a Comunidade Científica 2012, no dia 16 de abril de 2012, parceria inédita com a Fundação Bill & Melinda Gates, que visa à melhoria das condições de saúde de mulheres e crianças, alinhadas com as prioridades da Rede Cegonha. A cooperação é uma articulação entre o programa “Grandes Desafios da Fundação Gates” e a prioridade dada pelo Brasil para a saúde materno-infantil.

Juntos, o ministério e a fundação vão investir R$ 14,7 milhões – a fundação entrará com 50%, o ministério com 25% e o CNPq com outros 25% – em pesquisas inovadoras na área de saúde materna e neonatal.Ainda neste semestre será publicado edital convocando pesquisadores. Serão financiados projetos focados principalmente no combate ao parto prematuro – a segunda maior causa de morte de crianças de até 5 anos no mundo e uma das prioridades no âmbito de saúde da mulher e da criança, abrangendo desde questões biomédicas até às relativas à organização dos serviços de saúde para atendimento rápido e diagnóstico preciso. “Soluções desenvolvidas no Brasil podem ter alto impacto não só internamente como também no exterior, levando o País a ser reconhecido internacionalmente por sua capacidade de inovação em Saúde”, afirmou o ministro.

Gates – Esse é apenas o primeiro dentre vários acordos que devem ser travados com a Fundação Bill & Melinda Gates, que combinam esforços e recursos para apoiar a pesquisa e a inovação em áreas prioritárias como vacinas, nutrição, e controle de doenças transmissíveis. “O investimento da Fundação Gates no Brasil é um reconhecimento da capacidade de produção científica brasileira. O investimento em pesquisa e inovação em saúde é uma prioridade do Ministério da Saúde neste governo”, explicou o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Carlos Gadelha.

A diretora de Doenças Infecciosas e Saúde Global da Fundação Bill & Melinda Gates, Regina Rabinovich, destacou no evento que ao longo da última década, o Brasil tem sido um grande líder na área de Saúde. “Entendo que o princípio de equidade da saúde para todos é norteador do governo brasileiro e central da fundação, o que torna essa parceria possível. Ao longo do tempo acredito que essa parceria se tornará bastante ampla, desde os projetos que já estão acontecendo de tuberculose e dengue, passando pelas áreas de vacinas, em cooperação com o Instituto Butantan e Biomanguinhos, e também incluindo a área de saúde materna e infantil e pesquisas para descobertas de novos produtos. O programa que apresentamos hoje demonstra, claramente, a seriedade do governo brasileiro em garantir inovação para aqueles que mais precisam delas”, disse a diretora.

Esta parceria da Fundação Bill & Melinda Gates com o Brasil faz parte de um programa da fundação chamado Grand Challenges in Global Health (Grandes Desafios na Saúde Global), que busca iniciativas inovadoras no campo científico e tecnológico para solucionar os problemas nos países em desenvolvimento. Ela aumenta a colaboração entre o governo brasileiro e a fundação Gates, já que colaboram no controle da tuberculose, no controle da dengue e no aumento da produtividade de pequenos fazendeiros, como relatou Bill Gates no relatório do G20 em novembro do ano passado. Entre outros objetivos, a parceria visa o desenvolvimento e produção de vacinas para atender as necessidades da GAVI Aliance (Aliança Global para Vacinação e Imunização) e explorar a investigação de ponta vacina.


A parceria baseia-se no objetivo compartilhado do Ministério da Saúde e da Fundação Gates em promover a equidade na saúde. Um sistema de saúde universal e uma forte rede de pesquisadores cria uma excelente oportunidade para desenvolver avanços inovadores de saúde.

"A liderança do Brasil está ajudando a garantir que a inovação em saúde seja uma prioridade", disse Trevor Mundel, presidente do programa de saúde global da Fundação Bill & Melinda Gates Foundation. "Acreditamos que esta colaboração pode servir de modelo para que os financiadores internacionais e economias emergentes trabalhem em conjunto para o impacto global."

Fontes: Bill & Melinda Gates Foundation  e Bárbara Semer

Última atualização em Qui, 19 de Abril de 2012 15:04
 

Banco de notícias

 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595