Skip to content

World Nutrition Rio 2012

nullFoi realizado no Rio de Janeiro, entre os dias 27 a 30 de abril, o World Nutrition - Rio 2012. O Congresso, que contou  com a participação de aproximadamente duas mil pessoas, foi  realizado pela Associação Mundial de Nutrição em Saúde Pública e Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, com o apoio do Ministério da Saúde, Organização Pan-Americana de Saúde/Organização Mundial de Saúde do Brasil entre os parceiros.

O eventou abordou os mais relevantes e complexos desafios contemporâneos para aqueles que trabalham na área de alimentação e nutrição em saúde coletiva em nível mundial, represenatando um movimento que vinculou conhecimento, política e ação visando a efetiva protejam, preservem e melhorem a saúde da população em todo mundo.

O World Nutrition teve como meta ser um novo começo para a nutrição em Saúde Pública. Para isto se propôs a discutir e debater os inúmeros desafios da crise da nutrição em saúde pública que confrontam aqueles no poder e em situação de tomada de decisão política nas esferas multinacionais, organizações da sociedade civil e de interesse público, governos nacionais e a indústria, assim como relevantes associações profissionais.

nullPara que esta meta e propósito fossem alcançados o evento foi organizado em cinco princípios: (1) Abrangência da nutrição em saúde pública; (2) Colaboração de todos os atores relevantes para o trabalho em conjunto e concordância com as políticas racionais de interesse público; (3) Interação entre os participantes do congresso favorecido pela metodologia utilizada nas sessões, bem como a realização de tradução simultânea em português e inglês; (4) Independência de órgãos e instituições com conflitos de interesses da agenda da alimentação e nutrição em saúde coletiva. O evento foi financiado pelas taxas de inscrição, pelo governo brasileiro, com destaque para o Ministério da Saúde e entre outros financiadores; (5) Empoderamento dos futuros líderes na profissão de nutrição em saúde pública.

A Organização Pan-Americana de Saúde/Organização Mundial de Saúde participou em uma série de sessões e debates no World Nutrition - Rio 2012. O Diretor de Nutrição e Desenvolvimento da Organização Mundial de Saúde, Dr. Francesco Branca, participou de sessões que discutiram como tornar efetivas políticas estruturais e também sobre como melhorar as condições nutricionais em termos de micronutrientes. Além disto, Dr. Francesco Branca esteve presente na cerimônia de abertura do evento representando a presença dos quase 10 funcionários da OPAS/OMS, bem como brindando o apoio técnico e estratégico da representação da OPAS/OMS no Brasil para a realização do evento.

Foram apresentados temas absolutamente relevantes para a Alimentação e Nutrição em Saúde Coletiva, como por exemplo a inserção das ações de nutrição na Atenção Primária à Saúde. A região das Américas celebra alguns triunfos alcançados, como a diminuição da mortalidade infantil e o aumento da expectativa de vida, mas não podemos deixar de reconhecer e responder de forma qualificada aos desafios e oportunidades que acompanham esta sociedade que está envelhecendo rapidamente. E, nutrição adequada e oportuna ao longo do curso da vida é fator determinante para o envelhecimento com saúde e qualidade de vida. Incluir ações de nutrição na Atenção Primária à Saúde é uma resposta.

Os sistemas de atenção à saúde são respostas deliberadas às necessidades de saude das populações que se expressam, fundamentalmente, nas suas situações de saúde. Um destaque para o evento foi a sessão que tratou do papel da nutrição na Atenção Primária à Saúde.

nullA sessão "Abordagens multi-setoriais sobre segurança alimentar e nutricional" apresentou a necessidade do fortalecimento multisetorial desde uma perspectiva conceitual até a apresentação de experiências bem sucedidas de países.  O apoio técnico continuado deve estar no escopo do curso da vida, enfocando os determinantes sociais e facilitando a articulação entre os diversos setores da agricultura, desenvolvimento social, saúde e educação.

Houveram sessões com a participação de assesores regionais - Branka Legetic e Ruben Grajeda que trataram sobre redução de sódio em alimentos processados. Nesta temática foi realizado pelo escritório regional da OMS da Europa um workshop sobre estratégias para a redução de sal e seus benefícios para a saúde nos Estados - Membros.

A Organização Mundial de Saúde/Organização Pan-americana de Saúde precisa continuar apoiando os estados membros no enfrentamento da dupla carga da má nutrição, caracterizada pela desnutrição e excesso de peso, ambos os desfechos relacionados ao sistema alimentar vigente. A última metade do século XX marcou o início de um período de mudanças sem precedentes no que diz respeito ao sistema alimentar com conseqüências drásticas nas práticas alimentares tradicionais e mudanças na forma de produzir, abastecer, distribuir e controlar os mercados de consumo dos alimentos. A forma vigente está associada a todas as demandas geradas pelo modo de vida urbana e diretamente relacionada com a determinação da insegurança alimentar e nutricional dos povos.

O evento contou também com o lançamento da publicação do documento de recomendações de especialistas sobre a promoção da publicidade de alimentos e bebidas não alcoólica na região das Américas. Segundo, a Diretora da OPAS, Dra. Mirta Roses – “A Execução de novas normas de saúde para a promoção e publicidade de alimentos dirigida às crianças pode ser uma ferramenta fundamental na luta contra a obesidade e problemas de saúde relacionados na região das Américas”.

Outra temática de extrema importância é ampliação e fortalecimento das competências dos profissionais em Nutrição em Saúde na região das Américas e no mundo. É fundamental o desenvolvimento de estratégias alinhadas para a expansão das iniciativas de desenvolvimento da força de trabalho de forma a e preencher lacunas existentes nos países. O profissional que atua em Nutrição em Saúde Pública precisa assumir um papel de liderança na facilitação e no apoio do desenvolvimento da força de trabalho em níveis local, nacional e internacional.

nullNo World Nutrition - Rio 2012, foi realizado um Grupo de Trabalho sobre a ampliação das competências em Alimentação e Nutrição em Saúde Coletiva. Este GT foi organizado pela Associação Mundial de Nutrição em Saúde Pública, Observatório de Políticas de Segurança Alimentar e Nutrição e OPAS/OMS Brasil. Os seis países que participam do GT e apresentam estudos de caso sobre a situação atual da força de trabalho em nutrição em saúde publica reconheceram a necessidade de apoio ao desenvolvimento de capacidades de profissionais que atual na área. O  principal produto deste GT foi a organização de uma rede de países composta por Brasil, Moçambique, Irã, Indonésia e Canadá com vistas a discussão e compartilhamento de estratégias bem sucessidas para o apoio ao desenvolvimento de capacidades locais. A realização deste trabalho aporta insumos para a Rede de Nutrição do SUS no Brasil, uma vez que a RedeNutri tem como um dos objetivos o apoio à qualificação e formação dos profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde.

No World Nutrition - Rio 2012 ficou evidente os avanços do governo brasileiro na implantando com muito sucesso uma série de políticas e programas voltados à melhoria das condições de alimentação, nutrição e saúde da população brasileira. 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595