Skip to content

OPAS/OMS-Brasil apóia a ANVISA na Oficina Nacional para a Consolidação da Sub-Rede Analítica de Antimaláricos

nullDurante os dias 9 e 10 de maio, em Brasília, a Gerencia Geral de Laboratórios de Saúde Publica (GGLAS), da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) com participação dos técnicos dos Laboratórios Centrais de Saúde Publica (LACEN) que compõem a Rede Nacional de Laboratórios Públicos, desenvolveu a Oficina para Consolidação da Sub-Rede Analítica de Antimaláricos.

nullO objetivo desta oficina foi fortalecer as atividades analíticas para medicamentos antimalaricos que realizam os LACEN, em rede coordenada pela GGLAS. Este evento, acompanhado por especialistas de Chile, Uruguai e Paraguai, contou com a participação de técnicos dos LACEN dos estados de Acre, Amapá, Amazonas, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Minas Gerais e Tocantins. O encontro integrou diferentes setores envolvidos com a responsabilidade de garantir o controle da qualidade dos medicamentos, tais como o Programa Nacional de Malaria, o Departamento de Assistência Farmacêutica (DAF),  Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Farmacopéia dos Estados Unidos no Brasil e o Escritório da OPAS/OMS no Brasil, desde a Unidade Técnica que cuida o tema da malaria no pais.


nullNo dia 9 de maio foram desenvolvidas sete palestras e duas Mesas Redondas. A Dra. Laís Santana Dantas, Diretora de ANVISA, deu as palavras de boas vindas e falou sobre o tema Implantação da Sub-Rede Analítica Especifica referida ao Modulo Antimaláricos. A Dra. Mayira Sojo-Milano, especialista em malaria pela OPAS-OMS-Brasil dissertou sobre as Ações da OPAS no combate da malaria nas Américas e no Brasil, amostrando metas e componentes da Estratégia e Plano de Ação contra a Malaria para as Américas 2011-2015 (http://bit.ly/odOQfg), assim como as áreas temáticas do Projeto AMI RAVREDA, fazendo destaque das linhas de trabalho referidas a Vigilância da Resistência aos Antimalaricos, Acesso e Uso - Gestão de Antimalaricos e Asseguramento e Controle da Qualidade dos Antimalaricos, segundo a experiência desenvolvida nos últimos onze anos daquele projeto.

nullA Dra. Maria das Dores Pinto, do DAF, falou sobre os Desafios na aquisição de Antimalaricos, considerando eles no grupo de fármacos desatendidos¨. A Dra. Ana Carolina Santelli, Coordenadora Geral do Programa Nacional de Malaria tratou o tema das Ações do Ministério da Saude para prevenção, controle e tratamento de Malaria. Com estas quatro profissionais se desenvolveu uma interessante mesa de discussão com os participantes. 


nullDo Instituto de Saude Publica de Chile, a Dra. Maria Gloria Olate apresentou as Açoes Integradas dos Laboratórios da Rede PARF (Red Pan Americana para la Armonización de la Reglamentación Farmacéutica) colocando importantes pontos da experiência desta rede que podem servir como modelo para o desenvolvimento da Sub-Rede de Antimaláricos. Estes foram resumidos como os instrumentos para Avaliação da infra-estrutura e funcionamento dos Laboratorios, o modelo do sistema de instalação de capacidades e o modelo de avaliação para a gestão dos laboratório já pré-qualificados, com critérios de qualidade total. A Dra. Olate, acompanhada pela Dra. Laura Dominguez, do Ministerio da Saude de Uruguai e a Dra. Amanda Sotomayor de Paraguai, e a Dra. Amalia Soares Santana, do LACEN-Minas Gerais, participaram de uma interessante Mesa Redonda com o tema Promoçao da Qualidade de Medicamentos e o Programa de Pre-qualificaçao de Laboratorios.

nullA sessão deste dia foi encerrada depois da interessante palestra do Dr. Sergio Luiz da Silva, do INCQS-FIOCRUZ, quem dissertou brilhantemente sobre Ensaios de Proficiencia e Substancias Quimicas de Referencias, mostrando as fortalezas do pais nesta área.  

nullNo dia 10 de maio, a Dra. Mónica da Luz Carvalho Soares, de ANVISA, tratou a temática dos Avanços da Farmacopeia Brasileira (FP) e as parcerias com outras Farmacopeias. Nesta linha, o Professor Dr. Gerson Antonio Pianetti, da UFMG e Presidente da Comissão da FP analisou um Histórico acerca da Elaboração de Monografias dos Medicamentos Antimalaricos da FP. O Dr. Wanderson Guimaraes, da Farmacopeia dos Estados Unidos no Brasil falou sobre aspectos de Dissoluçao. Com estes palestrantes e a Dra. Lais Santana, foi feita outra Mesa Redonda para discutir pontos destacados e conversar com os participantes. Nas horas da tarde, o Dr. Fernando Antonio de Medeiros, Diretor do LACEN-Amapá fez uma apresentaçao do Laboratório de Referencia para a Sub-Rede.


Finalmente, as Dras. Lais Santana Dantas, Mariangela Torchia do Nascimento e a Dra. Fernanda Rebelo, comentaram sobre as Diretrizes da organização da Sub-Rede Analítica Especifica para Medicamentos Antimalaricos, o Cronograma de Atividades para 2012 com esta Sub-Rede e foi assinado pelos representantes dos estados participantes um acordo sobre estes documentos e princípios que nortearão esta Sub-Rede. O evento encerrou num clima de muita motivação e compromisso.
Esta Sub-Rede Analítica para Antimalaricos está concebida como um modelo para desenvolver outras sub-redes relacionadas com medicamentos essenciais.

 

 


Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595