Skip to content

Projeto “Vida no Trânsito” é apresentado em Congresso Internacional em Porto Alegre-RS

No encontro,  representantes das 5 cidades do “Vida no Trânsito” apresentaram suas experiências locais, junto a expoentes internacionais, para cerca de 800 participantes, entre  17 e 19 de julho de 2012. O Congresso Internacional de Trânsito teve como principal objetivo promover a análise do primeiro ano da Década no Brasil e disseminar experiências internacionais na redução da morbimortalidade no trânsito.

 

Do evento, participaram autoridades de governo locais e nacionais, e contou entre os técnicos, experts e gestores,  Alessandro Barcellos, Diretor-Presidente do Detran/RS; Felipe Rodriguez Laguens, Diretor Executivo da Agência Nacional de Segurança Viária da Argentina; María Seguí Gómez , Diretora-Geral de Trânsito da Espanha; o Deputado Federal Hugo Leal,  Presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro; Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho, do  Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada; Joël Valmain, Conselheiro Técnico “Europa-Internacional” do Delegado Interministerial para a Segurança Viária (Ministério do Interior  da França); Heloisa Helena de Mello Martins, da Companhia de Engenharia de Tráfego/SP; Janet Dore,  CEO da TAC/Austrália; Fábio Ney Damasceno, Secretário Estadual dos Transportes e Obras Públicas do Estado do Espírito Santo.

O “Vida no Trânsito”, por sua vez, obteve considerável destaque no congresso, tendo a iniciativa coordenada pela OPAS/OMS no Brasil e o Ministério da Saúde recebido espaço para a apresentação da experiência do Projeto em todas as 5 cidades.

Cheila Marina de Lima, da Área de Vigilância e Prevenção de Violência e Acidentes do Ministério da Saúde, fez as vezes da Coordenação Nacional, enquanto Jussara Belavinha, da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte – BHTRANS,  falou sobre os trabalhos na capital mineira; Ivanise Rotta – Agência Municipal de Transporte e Trânsito – AGETRAN de Campo Grande, sobe as ações na capital do Mato Grosso do Sul; Marta M. M. Alves – Vigilância Epidemológica Municipal de Palmas, pela capital do Tocantins, Celso Alves Mariano, da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito – SETRAN de Curitiba, sobre a experiência paranaense , e Audea Lima, da   Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito STRANS, de Teresina falou sobe o projeto na capital do Piauí. Também Tanara Rosângela Vieira Sousa, Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Trânsito e Álcool do Hospital das Clínicas de Porto Alegre/RS representou o trabalho de monitoramento e avaliação que o Vida no Trânsito pressupõe.

            

                                 Active Image   Active Image

 

Lei mais sobre a representação do RS-10/PVT no Congresso:

1. Cinco capitais da ação global RS-10 estarão representadas no Congresso Internacional de Trânsito

2. Ministério da Saúde aponta dificuldades em reduzir taxas de mortos e feridos no trânsito

3. Campo Grande apresenta metodologia de coleta de dados de acidentes

4. Palmas aposta em informação e parcerias para reduzir acidentes

5. A experiência de Teresina: quando 1+1 é mais que 2

6. Curitiba trabalha para envolver população nas soluções para o trânsito

7. Diretora de Atendimento e Informação da BHTrans fala sobre a implementação do projeto Vida no Trânsito em Belo Horizonte

8. Mais notícias sobe o Congresso

 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595