Organização Pan-americana da Saúde. Brasil

Skip to content



Destaques

Últimas notícias

Dia Mundial de Luta Contra a Hanseníase


O dia 27 janeiro marcou o Dia Mundial de Luta Contra a Hanseníase. O propósito desta celebração é aumentar a consciência de que a hanseníase é curável, que as pessoas afetadas pela hanseníase e suas famílias têm direitos iguais aos outros e lembrar-se que, embora tenha havido um declínio constante em casos de Hanseníase nos últimos 20 anos, após a introdução de poliquimioterapia, esta doença antiga ocorre ainda hoje, afetando as populações mais pobres e vulneráveis socio-economicamente. É por esta razão que a hanseníase está dentro do grupo de doenças negligenciadas.                     
(Clique na fotografia para ver o vídeo com o pronunciamento)


Em outubro de 2009, o Conselho Diretor da OPAS aprovou a Resolução CD49.R19 através do qual os Estados membros se comprometeram com os objetivos de eliminação das doenças infecciosas negligenciadas até 2015, através de ações interprogramáticas e intersetoriais permitindo maior eficiência e intervenções específicas do setor da saúde, bem como uma abordagem dos determinantes sociais de saúde.

Para a hanseníase foi definido a sua eliminação como problema saúde pública e esta meta também está incluída no "Plano Integrado de Ações eliminação estratégica da Hanseníase, Filariose, Esquistosssomose e Oncocercose como problema de saúde pública, tracoma como causa da cegueira e controle das geohelmintíases, 2011-2015", que foi lançado pelo Ministério da Saúde no Brasil em julho de 2012.

Em 2011 havia 219.075  casos novos de hanseníase no mundo, que ocorreram na Ásia 160.132 e 36.832 nas Américas, tornando-se a segunda região com o maior número de casos. Dos casos na Região das Américas, 92% (33,955) estão no Brasil. Em nossa região a grande maioria dos países alcançaram a eliminação da hanseníase como problema de saúde pública a nível nacional , 18 de 24 países endêmicos ter atingido a meta de eliminação no primeiro nível subnacional.

O Programa de Regional de Hanseníase da OPAS/OMS oferece Cooperação  Técnica aos Estados membros  contribuindo para o seu fortalecimento para a melhoria dos aspectos de detecção precoce de casos, tratamento, cuidado e reabilitação e para evitar o estigma e discriminação de pacientes com hanseníase e suas famílias, de acordo com os "Princípios e orientações revisadas para a eliminação da discriminação contra as pessoas afetadas pela hanseníase e sua família" Conselho de Direitos Humanos da Assembléia Geral das Nações Unidas.

Links de interesse:

http://hansen.bvs.br/php/index.php

Video da Secretaria de Vigilância em Saúde - Dr. Jarbas Barbosa 

RESOLUÇÃO CD49.R19 OUT 2009

Estratégia Global Aprimorada para Redução Adicional da Carga da Hanseníase

 

Campus Virtual

 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595