Organização Pan-americana da Saúde. Brasil

Skip to content



Destaques

Últimas notícias

Dia Mundial de Luta Contra a Hanseníase


O dia 27 janeiro marcou o Dia Mundial de Luta Contra a Hanseníase. O propósito desta celebração é aumentar a consciência de que a hanseníase é curável, que as pessoas afetadas pela hanseníase e suas famílias têm direitos iguais aos outros e lembrar-se que, embora tenha havido um declínio constante em casos de Hanseníase nos últimos 20 anos, após a introdução de poliquimioterapia, esta doença antiga ocorre ainda hoje, afetando as populações mais pobres e vulneráveis socio-economicamente. É por esta razão que a hanseníase está dentro do grupo de doenças negligenciadas.                     
(Clique na fotografia para ver o vídeo com o pronunciamento)


Em outubro de 2009, o Conselho Diretor da OPAS aprovou a Resolução CD49.R19 através do qual os Estados membros se comprometeram com os objetivos de eliminação das doenças infecciosas negligenciadas até 2015, através de ações interprogramáticas e intersetoriais permitindo maior eficiência e intervenções específicas do setor da saúde, bem como uma abordagem dos determinantes sociais de saúde.

Para a hanseníase foi definido a sua eliminação como problema saúde pública e esta meta também está incluída no "Plano Integrado de Ações eliminação estratégica da Hanseníase, Filariose, Esquistosssomose e Oncocercose como problema de saúde pública, tracoma como causa da cegueira e controle das geohelmintíases, 2011-2015", que foi lançado pelo Ministério da Saúde no Brasil em julho de 2012.

Em 2011 havia 219.075  casos novos de hanseníase no mundo, que ocorreram na Ásia 160.132 e 36.832 nas Américas, tornando-se a segunda região com o maior número de casos. Dos casos na Região das Américas, 92% (33,955) estão no Brasil. Em nossa região a grande maioria dos países alcançaram a eliminação da hanseníase como problema de saúde pública a nível nacional , 18 de 24 países endêmicos ter atingido a meta de eliminação no primeiro nível subnacional.

O Programa de Regional de Hanseníase da OPAS/OMS oferece Cooperação  Técnica aos Estados membros  contribuindo para o seu fortalecimento para a melhoria dos aspectos de detecção precoce de casos, tratamento, cuidado e reabilitação e para evitar o estigma e discriminação de pacientes com hanseníase e suas famílias, de acordo com os "Princípios e orientações revisadas para a eliminação da discriminação contra as pessoas afetadas pela hanseníase e sua família" Conselho de Direitos Humanos da Assembléia Geral das Nações Unidas.

Links de interesse:

http://hansen.bvs.br/php/index.php

Video da Secretaria de Vigilância em Saúde - Dr. Jarbas Barbosa 

RESOLUÇÃO CD49.R19 OUT 2009

Estratégia Global Aprimorada para Redução Adicional da Carga da Hanseníase

 

Proyecto Mais Medicos

Campus Virtual

virus ebola na Africa

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595