Skip to content

Curso Internacional em gestão de políticas de RH em Saúde – CIRHUS II

Sample ImageA cerimônia de encerramento da segunda turma do Curso Internacional de Especialização em Gestão de Políticas de Recursos Humanos em Saúde (CIRHUS), turma Cone Sul,
foi realizada entre 24 e 26 de novembro de 2008 na Escola Nacional de Saúde Pública - Sérgio Arouca e contou com a presença do Dr. Francisco Campos (SGTES/MS), Dr. José Roberto Ferreira (ACI/Fiocruz), Dr. Antônio Ivo (Ensp/Fiocruz), Dra. Neuza Moysés (ENSP/Fiocruz), Félix Rigoli (OPAS/WDC), Judith Sullivan (OPAS/AR), Dr. José Paranaguá de Santana (OPAS/BRA).

Sample Image

O projeto de apoio estratégico para viabilizar a constituição de consórcios internacionais de cooperção técnica na área de pesquisa e gestão do trabalho e educação em saúde, tem por objetivo qualificar equipes de especialistas em cada país participante, comprometidas com a oferta de processos educacionais similares nos respectivos países da Região em âmbitos nacional e descentralizado.

A turma contou com a participação de 26 profissionais provenientes da Argentina, Bolívia, Paraguai, Uruguai e ainda de três estados brasileiros: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

Os coordenadores da mesa enfatizaram a importância da cooperação técnica na formação de profissionais de recursos humanos em saúde envolvidos com o esforço coletivo dos países na melhoria de seus sistemas de saúde.

"Com esse curso, completamos a cobertura da América do Sul em recursos humanos", apontou Dr. José Roberto Ferreira, da Assessoria de Cooperação Internacional da Fiocruz.

A consultora da Opas Judith Sullivan destacou a importância do CIRHUS para os marcos de cooperação técnica, aprendizagem e formação de RH entre os países. Por fim, Neuza Moysés destacou que o encerramento de cada curso traz a "sensação de missão cumprida e também coloca uma série de desafios para o futuro".

O assessor regional de recursos humanos da Rede de Observatórios de Recursos Humanos das Américas em Washington, Felix Rigoli, ressaltou a importância da cooperação entre países. "Essa experiência explora a capacidades e fortalece, cada vez mais, uma real comunidade de práticas e experiências sobre o tema".

Paranaguá destacou que, "o curso não é apenas um projeto brasileiro ou da OPAS. É um projeto entre governos e representa a integração internacional. Durante suas etapas, encontramos muitas identidades na forma de problemas, mas também vimos surgir muitas possibilidades de ajuda mútua entre equipes e responsáveis pela construção de políticas de desenvolvimento de RH de cada país".

O Secretário, Francisco Campos, finalizou a solenidade reafirmando que é possível construir um sistema de saúde melhor e mais solidário. Para ele, a formação de recursos humanos é uma questão fundamental nessa estratégia. "Os problemas de saúde são os problemas do mundo. O diferencial está sendo a postura de alguns países em valorizar o profissional de recursos humanos como peça fundamental para a transformação".

Fotos: Virginia Damas/CCI/ENSP/Fiocruz)

Sample Image Sample Image  Sample Image Sample Image 

                     Sample Image Sample Image

 


Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595