Skip to content

Populações Expostas a Poluentes Atmosféricos

A questão da poluição atmosférica e seus impactos sobre a saúde tem sido foco de vários estudos epidemiológicos realizados pela comunidade científica em vários países do mundo, inclusive no Brasil. Os resultados obtidos têm demonstrado que, mesmo que a concentração de poluentes atmosféricos possa ser compatível com os padrões estabelecidos por normatizações, a exposição contínua a esses poluentes segue causando efeitos adversos sobre a saúde, em especial sobre os grupos mais vulneráveis representados por crianças e idosos.

O crescimento industrial e o desenvolvimento das atuais estruturas e aglomerados urbanos criaram as condições propicias para uma permanente exposição de grandes contingentes populacionais à poluição atmosférica oriunda de fontes fixas e móveis de emissão, de acidentes com produtos químicos e da queima de biomassa provocando efeitos adversos sobre a saúde das populações expostas.

Com base nessas premissas, o Setor Saúde tem envidado esforços para desenvolver ações de promoção, prevenção e proteção da saúde considerando as populações expostas aos poluentes atmosféricos.

:: Documentos de Apoio:

Última atualização em Qui, 07 de Abril de 2011 21:28

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595