Organização Pan-americana da Saúde. Brasil

Skip to content



Destaques

Últimas notícias

Dengue

O Dengue é uma doença febril aguda, de etiologia viral que é transmitida pelo Aedes aegypti, principal mosquito vetor. Conhece-se a existência de quatro sorotipos e que a doença pode apresentar desde uma evolução benigna na forma clássica até uma evolução grave quando se apresenta na forma hemorrágica ou com complicações.

Hoje a dengue é a mais importante arbovirose que afeta o homem e constitui-se em sério problema de saúde pública no Brasil onde as condições do meio ambiente favorecem o desenvolvimento e a proliferação do vetor. A dengue está relacionada com os chamados macrofatores (ambientais, socioeconômicos, políticos e sociais) e os microfatores (dependentes das características biológicas do vírus, do vetor e da pessoa afeitada).

As atividades regionais da OPAS estão baseadas na Estratégia de Gestão Integrada (EGI) promovendo o trabalho integrado para o controle do vetor. Por enquanto, as ações em cada um dos países da Região é contribuir tecnicamente com a elaboração, implementação e avaliação da EGI-Dengue. No caso do Brasil, todas as ações de apoio devem estar inseridas no marco da Estratégia de Cooperação Técnica da OPAS/OMS com o Brasil 2008-2012.

Nesse contexto se busca apoiar e acompanhar as ações do Programa Nacional de Controle da Dengue para cumprimento dos objetivos e metas do programa, incluindo seu alinhamento com a EGI-Dengue, participar no Comitê Nacional de Acompanhamento e Avaliação do PNCD, e articular iniciativas de apoio entre os países Sul-americanos, com ênfase no MERCOSUL.

Leia mais:

Diretrizes nacionais para a prevenção e controle de epidemias de Dengue

O Ministério da Saúde e os Conselhos Nacionais de Secretários Estaduais (CONASS) e Municipais (CONASEMS) de Saúde lançaram em 9 julho de 2009, documento com orientações para unificar as ações de vigilância e assistência em saúde para o combate à dengue em todos os Estados e municípios do país. A Representação da OPAS-OMS no Brasil colaborou com apoio técnico nas discussões e aprimoramento do documento.

Dados da dengue no Brasil

Balanço do Ministério da Saúde (MS) mostra redução de 49,8% no número de casos de dengue nas primeiras 23 semanas deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo as informações enviadas pelas secretarias estaduais de saúde, 361.552 pessoas contraíram a doença entre 1º de janeiro e 13 de junho. No mesmo período de 2008, o número de infectados foi de 719.593

Leia mais:

Dengue no Brasil - Informe Epidemiológico 16/2009: Monitoramento CGPNCD


 Programa Nacional de Controle da Dengue (PNCD)

O Programa Nacional de Controle da Dengue (PNCD), instituído em 24 de julho de 2002, o qual está alinhado a Estratégia de Gestão Integrada da Dengue (EGI-Dengue) procura incorporar as lições das experiências nacionais e internacionais de controle da dengue, enfatizando a necessidade de mudança nos modelos anteriores. O PNCD está implantado por intermédio de 10 componentes, e em cada unidade federada podem ser realizadas adequações condizentes com as especificidades locais, inclusive com a possibilidade da elaboração de planos sub-regionais.

Leia mais:

Programa Nacional de Controle da Dengue (PNCD)


Publicações OPAS/OMS:

Planning social mobilization and communication for dengue fever prevention and control

Global Insecticide use for Vector-Bourne Disease Control

Documentos de apoio:

Dengue no Brasil - Informe Epidemiológico 16/2009: Monitoramento CGPNCD

Diagnóstico rápido nos municípios para vigilância entomológica do Aedes Aegypti no Brasil - LIRAa


Resoluções do Conselho Diretivo

27.ª Conferência Sanitária Pan-Americana / 59.ª Sessão do Comitê Regional da OPAS/OMS

43.ª Reunião do Conselho Diretivo / 53.ª Sessão do Comitê Regional da OPAS/OMS

44.ª Reunião do Conselho Diretivo / 55.ª Sessão do Comitê Regional da OPAS/OMS

48.ª Reunião do Conselho Diretivo / 60.ª Sessão do Comitê Regional da OPAS/OMS

 

Campus Virtual

 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595