Skip to content

Gestão Baseada em Resultados

Imprimir E-mail


Os níveis de planejamento estratégico e operativo da OPAS/OMS estão articulados e possuem instrumentos de planejamento nos seus diferentes níveis, seja nacional, regional ou global. Dessa forma, o processo de planejamento de programas e projetos da OPAS/OMS permite a integração entre os níveis estratégico, conformado pelos resultados esperados globais e regionais, e operativo, conformado por resultados esperados nacionais, contando com a participação de atores de todos os níveis hierárquicos na sua elaboração e execução. Por considerar a análise de situação, orienta a atuação da cooperação técnica em áreas de maior necessidade e seu alinhamento às prioridades globais, regionais e nacionais em saúde. Ainda, contempla a avaliação dos resultados, dando maior visibilidade à execução de atividades e à utilização de recursos.
 

Propósito:

  • Apoiar o processo de gestão baseada em resultados em seus componentes de planejamento, programação, controle e avaliação de projetos; o desenvolvimento do trabalho  Interprogramático e participativo da Organização; os processos de integração regional e sub-regional em saúde; e os processos de coordenação interagencial e de participação nas instâncias dos corpos diretores da OPAS e da OMS.


Funções Centrais:

  • Gerenciar o macroprocesso integral de Gestão Baseada em Resultados (Plano de Trabalho Bianual; programações anuais e semestrais; informes bianuais, anuais e semestrais; elaboração de projetos; programação e controle financeiro de RB).

  • Assessorar o PWR na condução, controle e avaliação do Plano Integral de Desenvolvimento da Cooperação Técnica da OPAS/OMS 2007-2012 (CCS, PTB, Modelo de Gestão, Plano de Desenvolvimento Institucional) em seus componentes técnico e administrativo e manter informado CFS/WDC.

  • Gerenciar a programação, o controle e a avaliação do orçamento de fundos regulares, recursos do Project Support Cost – PSC e extraorçamentários.
  • Gerenciar a elaboração, programação, monitoramento e avaliação do Plano de Desenvolvimento Institucional da Representação da OPAS/OMS no Brasil 2008-2012.

  • Coordenar tecnicamente e monitorar o mecanismo de comunicação, participação e de trabalho em equipe na Representação (Grupo de Planejamento e Administração, Plenária Geral, Grupo de Gestão Gerencial, Grupo Interprogramático, Grupo Interprogramático Ampliado, Grupos de Tarefa Interprogramática e Grupos Ótimos).

  • Gerenciar a informação estratégica da Representação e assessorar o Representante na elaboração de informes político-técnicos e administrativos.

  • Assessorar o Representante e apoiar o processo de cooperação Sul--Sul da OPAS/OMS no Brasil (componentes de cooperação internacional dos TC – em especial o TC 41 – e Cooperação Técnica entre Países – TCC, e Acordo CPLP/OMS).

  • Coordenar tecnicamente e monitorar a execução do TC 58 (AISA).
  • Assessorar e apoiar o Representante no desenvolvimento de processos de integração regional, com ênfase no Mercosul, Unasul, Tratado Amazônico e nas fronteiras.

  • Assessorar e apoiar o PWR quanto à participação da PWR no UNCT/grupos temáticos do Sistema ONU, Agência Brasileira de Cooperação e Assessoria Internacional em Saúde do Ministério da Saúde.

  • Assessorar e apoiar o PWR na condução e apoio técnico às autoridades nacionais que participam nas diferentes instâncias dos corpos diretores da OPAS e da OMS.


 

Rede de Relacionamento Estratégico:



 

INSERIR FIGURA


A relação da unidade de Planejamento, Programas e Projetos é de caráter estratégico com uma diversidade de atores que integram a rede para potencializar as ações de planejamento, programação dos projetos de cooperação técnica.

Última atualização em Dom, 13 de Março de 2011 17:46

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595