Boletins Panaftosa

Home


OPAS/OMS no Brasil realiza palestra sobre Influenza A (H1N1) na Funasa

Imprimir E-mail

Jose Moya - OPAS/OMS BrasilA Fundação Nacional de Saúde em parceria com a OPAS/OMS no Brasil promoveu no dia 13 de agosto em Brasília, palestra para orientar os servidores do Departamento de Saúde Indígena (DESAI) sobre a Influenza A (H1N1) em comunidades indígenas.

A palestra foi ministrada pelo coordenador da Unidade Técnica de Informação em Saúde, Gestão do Conhecimento e Comunicação daquela Representação, Dr. Jose Moya. Segundo ele, no Brasil a população indígena está bem atendida contra a nova gripe. “Diferentemente de outros países, no Brasil os medicamentos chegam às comunidades indígenas,” afirmou.

De acordo com Dr. Moya, não há possibilidade de priorizar o atendimento aos índios. “A possibilidade de ingresso da Gripe A pode acontecer em qualquer lugar, não se pode priorizar uma determinada região. O importante é o monitoramento para se evitar mortes. No Hemisfério Sul, o inverno está acabando, o que levará a uma diminuição de casos de influenza A”, afirmou o representante da Opas, observando, no entanto, que provavelmente a gripe volte daqui a alguns meses. “Mas no Brasil a situação estará mais tranquila porque o Instituto Butantan já está fabricando as vacinas”, disse.

imagem evento funasaO coordenador geral de Atenção à Saúde Indígena da Funasa, Flávio Nunes, falou das medidas que já foram tomadas pela Fundação para a prevenção da nova gripe. “Já conscientizamos todas as Coordenações Regionais para que elas tenham um gabinete de crise. Inclusive, já enviamos R$ 8 mil para que todas elas possam adquirir o material necessário para a prevenção. Não se deve minimizar os efeitos da gripe, isso requer um esforço da equipe”, enfatizou Nunes.

De acordo com Moya, nos últimos 20 anos houve um aumento de doenças respiratórias agudas graves em todo o mundo. “Isso porque as pessoas estão viajando mais, migrando de áreas rurais para urbanas. Com isso, a possibilidade de se contrair doenças é muito maior, mas temos trabalhado para combater qualquer doença que surgir”, concluiu o coordenador daquela representação.

Fonte: Fundação Nacional de Saúde (FUNASA)
http://www.funasa.gov.br/internet/Web%20Funasa/not/not2009/not588.html

Última atualização em Qui, 21 de Janeiro de 2010 08:13
 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595