Organização Pan-americana da Saúde. Brasil

Skip to content



Destaques

Últimas notícias

Fórum Sistema Nacional de Controle de Medicamentos

Sample ImageNa luta contra o comércio ilegal de medicamentos a Lei 11.903, instituída em 15 de janeiro deste ano, foi o foco principal do Fórum Sistema Nacional de Controle de Medicamentos, realizado dia 20 de agosto no Senado Federal. O evento lotou o auditório Senador Antonio Carlos Magalhães, com grande presença de público.

A falsificação, o contrabando e a necessidade de aprimoramento nos mecanismos de rastreabilidade e autenticidade dos medicamentos no país foram temas centrais do debate, realizado, sem interrupção, das 9 às 13h.

A discussão sobre a temática contou com a participação de autoridades do poder público, privado e terceiro setor. Estiveram presentes: Thiago Lanius, especialista da ANVISA; Vanessa Grazziotin, deputada federal; Valdir Raupp, senador da República; Éji Pons Machado, consultora nacional de Vigilância Sanitária da Organização Pan-americana da Saúde – Organização Mundial da Saúde no Brasil; André Barcellos, secretário executivo do Conselho Nacional de Combate à Pirataria e Delitos contra a Propriedade Intelectual; André Franco Montoro Filho, presidente do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO); Lauro Moretto, vice-presidente executivo da Sindusfarma. Como mediador do debate, o diretor de assuntos corporativos da Merck Sharp & Dohme, João Sanches. Na ocasião, a imprensa local e nacional esteve presente e conversou com algumas autoridades participantes no debate.

“O problema da falsificação e do contrabando de medicamentos não é exclusivo do Sample ImageBrasil, mas um problema global, mundial, que precisa ser sanado”, destacou Thiago Lanius, especialista da ANVISA, na abertura do Fórum. O Sistema Nacional de Controle de Medicamentos consiste em um programa de monitoramento de todos os medicamentos produzidos, dispensados e vendidos no Brasil e prevê o acompanhamento dos produtos, em toda a sua cadeia produtiva, desde a fabricação até o seu consumo pela população. A ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária será a responsável pela implantação e coordenação do novo sistema. O controle deverá ser realizado por meio de sistema de identificação, com o emprego de tecnologias de captura, armazenamento e transmissão eletrônica de dados. Sua implantação será gradual no prazo de três anos.

Thiago (Anvisa) citou os mecanismos a serem utilizados na busca de acabar com o comércio ilegal de medicamentos no Brasil e ações em conjunto com outras instituições. Na ocasião, foram apresentados números alarmantes. “Em parceria com a Polícia Federal, foi possível realizar, em 2008, 20 operações, 59 prisões em flagrante e a apreensão de 45 toneladas de medicamentos ilegais, falsificados ou contrabandeados”, afirmou Thiago. Segundo ele, com a intensificação na fiscalização, esses registros são maiores ainda, no primeiro semestre de 2009: em 38 operações, foram realizadas 104 prisões, 225 inspeções, 81 interdições de estabelecimentos, totalizando 316 toneladas de medicamentos apreendidos.

“É preciso fiscalização, educação e conscientização para que a lei pegue”, disse o senador Valdir Raupp, com a preocupação de que a lei caia no esquecimento, como aconteceu com outras no passado. O senador se colocou à disposição para contribuir, no que tange à legislação necessária ao combate da pirataria de medicamentos.

A representante da OPAS-OMS/BRA citou a harmonização regulatória e o programa de pré-qualificação da OMS como auxiliares no combate à falsificação, contrabando e aplicação de mecanismos de rastreabilidade e autenticidade dos medicamentos.

Durante o evento, foram discutidos ainda as medidas de proteção - econômicas, legislativas, educacionais e repressivas - contra a pirataria de medicamentos, o comércio de falsificados e contrabandeados no Brasil, a situação da Indústria Farmacêutica do país frente à falsificação de medicamentos e as estratégias, vantagens e desafios do novo sistema. Ao final, foi servido brunch aos participantes do encontro, seguido de visita guiada ao Congresso Nacional.

 

Proyecto Mais Medicos

Campus Virtual

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595