Skip to content

GT/RH da Una-Sul define ações prioritárias

Imprimir E-mail

Sample ImageO Grupo Técnico de Desenvolvimento e Gestão de Recursos Humanos da União de Nações Sul Americanas (Una-Sul) realizou reunião no Rio de Janeiro, dias 24 e 25 de setembro, para discutir uma agenda de trabalho comum aos 12 países membros. A participação do Brasil na Una-Sul ocorre por intermédio da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde. O representante da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS) no Brasil, Diego Victoria participou do encontro em nome da Diretora Mirta Roses, acompanhado dos consultores J. Paranaguá de Santana, Felix Rigoli e Roberto Esteves.

Os principais temas na pauta do encontro foram a criação do Instituto Sulamericano de Governo em Saúde (ISAGS), o desenvolvimento de um programa de cursos na área de Saúde e o fortalecimento das redes de instituições que participam da estrutura dos sistemas de saúde. A reunião foi aberta com uma apresentação de Paulo Buss (Fiocruz), representante do Brasil no Conselho de Saúde da Unasul, e por Francisco Campos (Ministério da Saúde/SGTES), coordenador do GT/RH da Una-Sul. 
 
O Instituto Sulamericano de Governo em Saúde deverá atuar como um centro de altos estudos e debate de política, governança e decisões em saúde e caberá a ele produzir e sistematizar documentos necessários a sua função de liderança, direção e assessoramento do setor saúde na região. A Fiocruz, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores, deve assumir o papel de facilitador para o desenvolvimento do projeto de criação do ISAGS.
 
O programa de cursos da Una-Sul leva em conta que, apesar dos progressos realizados no desenvolvimento de recursos humanos regionais, ainda há falta de pessoal qualificado. Essa situação é mais evidente no campo da saúde pública e da adminsitração de serviços de saúde. O programa deve oferecer, inicialmente, 100 vagas anuais.
 
Em relação às redes estruturantes dos sistemas de saúde, a Una-Sul propõe o intercâmbio institucional através de quatro grupos já definidos: institutos de saúde pública; escolas de formação profissional com prioridade para Medicina, Enfermangem e Odontologia; escolas de saúde pública; e escolas de formação de técnicos de saúde. A geração de conhecimento originária das redes deverá estar centrada nas necessidade sociais e no entendimento de que a ciência é um assunto de interesse público e, portanto, deve levar em conta questões observadas pela sociedade e não apenas pela comunidade científica. O objetivo da rede é buscar o equilíbrio internacional na construção do conhecimento e compartilhamento de informações.

Resultados

Representantes da Argentina, Brasil, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Suriname participaram da primeira reunião do Grupo Técnico de Desenvolvimento e Gestão de Recursos Humanos em Saúde do Conselho de Saúde da União das Nações Sulamericanas (Una-Sul), além de representnates da Organização Pan-Americana de Saúde OPAS/OMS.

Paulo Buss, representando o Brasil, apresentou a proposta de criação do Instituto de Saúde de Governo em Saúde (ISAGS) e uma programação de cursos e capacitações. A criação do ISAGS foi aprovada, a sede da nova instituição será no Rio de Janeiro. Em seguida, o grupo discutiu sobre quatro temas prioritários: a evasão de recursos humanos, a gestão de RH, capacitação de pessoal e o reconhecimento de títulos acadêmicos dentro da região da Una-Sul. Também foi discutida a importância do enfoque intercultural na abordagem do conceito saúde/doença nas comunidades indígenas.

O fortalecimento de Redes Colaborativas entre as instituições de saúde no âmbito da Una-Sul foi aprovado por todos os participantes, que também concordaram com a criação de cursos de especialização e de capacitação, direcionados para recursos humanos em saúde.

A reunião recomendou que todos os países membros da Una-Sul se manifestem sobre as discussões em um prazo de 30 dias (até 25 de outubro), data em que também deve ser realizada uma vídeoconferência para definir as próximas estratégias do GT/RH.

Última atualização em Seg, 25 de Janeiro de 2010 08:55

Banco de notícias

 

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595