Skip to content

Programa de Cooperação Internacional em Saúde

Região andina inicia CIRHUS pelo Equador

Sample ImageA Universidade Central do Equador agendou para o dia 12 de outubro a solenidade de abertura do seu primeiro Curso de Especialização em Gestão de Políticas de Recursos Humanos em Saúde. A iniciativa ocorre no âmbito do Programa de Cooperação Internacional (TC-41)  da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS) com o Ministério da Saúde do Brasil, que patrocinou em 2007 o Curso Internacional em Gestão de Políticas de Recursos Humanos (CIRHUS) na Sub Região Andina como um primeiro passo para estabelecer em cada um dos países uma oferta de especializaçao de gestores de políticas de Recursos Humanos em Saúde.

O Ministério da Saúde do Equador, juntamente com a Escola de Saúde Pública da Universidade Central do Equador, em convênio com a Universidade do rio Grande do Norte e com o apoio da OPAS/OMS, iniciará sua primeira turma no dia 12 de outubro, para 30 participantes. Está prevista a realização de mais dois cursos logo após o encerramento do primeiro, em abril de 2010.

“Para o êxito desta iniciativa, a cooperação contou com o apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) por intermédio das doutoras Janete Lima de Castro, Rossana Alves e Sheila Saint Claire, que apoiaram a adaptaçao e a certificaçao da versão nacional do CIRHUS para os países andinos”, observou o coordenador do Programa de Cooperação Internacional em Recursos Humanos da OPAS/OMS, Dr. José Paranaguá de Santana.

Peru e Chile

No Peru, o Ministério de Saúde concluiu entendimentos com a Universidade Cayetano Heredia, que irá financiar a primeira turma do CIRHUS para 35 participantes. O organismo estuda acordos para o financiamento de uma segunda turma em 2010 com apoio da Cooperação Belga.

O Ministério da Saúde do Chile, em coordenação com a Escola Nacional de Saúde Pública, certificou a primeira turma de profissionais do Curso Inernacional em Gestão de Políticas de Recursos Humanos (CIRHUS) no dia quatro de setembro e já iniciou uma segunda turma, com 30 participantes.

A realização de novas turmas do CIRHUS aponta para ações no âmbito da Cooperação Internacional como um vetor de consolidação de uma agenda permanente de cooperação horizontal nos campos do ensino e do desenvolvimento científico e tecnológico, contribuindo para o desenvolvimento solidário dos Sistemas de Saúde dos países da América do Sul.

 30.09.2009

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595