Organização Pan-americana da Saúde. Brasil

Skip to content



Destaques

Últimas notícias

Seminário Internacional sobre fixação de profissionais de saúde em áreas remotas

Active ImageO Seminário Internacional sobre Fixação de Profissionais de Saúde em Áreas Remotas, Isoladas e Vulneráveis começou dia primeiro de novembro e encerra hoje, dia três, em Recife (PE). O evento é promovido pela Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde com o apoio da Unidade de Políticas de Recursos Humanos em Saúde da OPAS/OMS e da Aliança Global em prol dos Trabalhadores em Saúde (na sigla em inglês, GHWA). 

O objetivo do seminário internacional é refletir sobre as dificuldades para fixar profissionais da saúde em áreas distantes e buscar soluções para minimizar o problema. Convidados de renome internacional na área de recursos humanos em saúde participarão do evento, que ocorrerá durante a programação do IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, de 31 de outubro a 4 de novembro, em Recife.

Agenda do Seminário Internacional:

Domingo, 1 de novembro, 08h30- boas-vindas pelo ministro da Saúde do Brasil, José Gomes Temporão, e pelo Representante da OPAS/OMS no Brasil, Diego Victória.

Objetivos do encontro- apresentação do secretário de Trabalho e de Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Francisco Eduardo de Campos.

Sessão I, 10h30- Charles Godue, Pan American Health Organization; Gail Tomblin Murphy, WHO/PAHO Collaborating Center at the Dalhousie University, apresentação de iniciativas para fixação de profissionais em região da Índia. Sábado Nicolau Girardi, da Universidade Federal de Minas Gerais, apresentará a experiência do Brasil.
  
Sessão II, 13h30- Luis Huicho Oriundo, Universidad Peruana Cayetano Heredia, e Claunara Schiling Mendonça, do Ministério da Saúde do Brasil, falarão sobre experiências nos dois países. Em seguida, serão apresentadas as experiências do Canadá, por Raymond Pong, da Laurentian University; do Chile, por Hernán Rodrigo Sepúlveda Uribe, do Ministério da Saúde; do México, por Gustavo Humberto Nigenda.

Também participam da Sessão II Marjolein Dieleman, da Royal Tropical Institute, do Reino Unido; Elcione Barbalho, Câmara de Deputados do Brasil; e José Paranaguá Santana, do Programa de Cooperação Internacional (TC 41) da OPAS/OMS.

A Sessão II prossegue com mais um bloco de experiências apresentadas por Manuel Núñez Vergara, do Ministério da Saúde do Peru; Fitzhugh Mullan, da George Washington University, Estados Unidos; e Carlos Alvarada, do Ministério da Saúde da Venezuela.

Sessão III, segunda-feira, dia 2 de novembro- 09h, o Gerente da Área de Sistemas de Saúde e Coordenador da Unidade de Políticas de Recursos Humanos em Saúde da OPAS/OMS no Brasil, Félix Rigoli, falará sobre iniciativas no âmbito da organização.

A Sessão III prossegue com apresentação, às 09h30, de políticas para fixação de profissionais da saúde com a participação de Mario Dal Poz, da OMS; e Swedenberger do Nascimento Barbosa, da Secretaria Executiva da Presidência da República do Brasil.

Logo a seguir, apresentação de experiências realizadas na Austrália, por Kim Weber, Rural Health Workforce Austrália; na Etiópia, por Kifle Woldemichael Hajijo, da Jimma University; na Índia, por Thiagarajan Sundararaman, da National Health Systems Resource Centre; na Tailândia, por Pawit Vanichanon, de Langu District Hospital.

Sessão IV, 13h30, experiências realizadas por parceiros do Ministério da Saúde com a participação de José Rubens Rebelatto, do Minsitério da Educação do Brasil, Ana Estela Haddad e Maria Helena Machado, do Ministério da Saúde do Brasil, Felix Rigoli, OPAS/OMS Brasil; Maria Christina Fekete, Financial Incentives, e Marcia Sakai, Ministério da Saúde do Brasil.

Sessão V, terça-feira, dia 3 de novembro, 09h, Maria Helena Machado, do Ministério da Saúde do Brasil, coordena mesa sobre iniciativas desenvolvidas no âmbito das organizações de classe, com a participação de Ruth Bittencourt, CIRH/CNS, e de representantes do CFO, COFEN e CFM, e a participação do secretário da SGTES Francisco Eduardo de Campos, de Beatriz Dobashi, do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde do Brasil, de Antônio Carlos Figueiredo Nardi, Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde do Brasil.
 
Sessão VI, 13h30- Workshop sobre novas políticas coordenado por Maria Helena Machado, do Ministério da Saúde do Brasil. Às 15h30 encerramento do seminário pelo secretário da SGTES Francisco Eduardo de Campos.

Clique aqui para mais informações

 

Proyecto Mais Medicos

Campus Virtual

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595