Skip to content

Determinantes Sociais e Riscos para a Saúde, Doenças Crônicas não transmissíveis e Saúde Mental

OPAS/OMS no Brasil presente em oficina sobre coleta de dados do Projeto Vida no Trânsito

No workshop, realizado em Curitiba entre 5 e 6 de Setembro de 2012, representantes da Johns Hopkins e universidades brasileiras, discutiram métodos e estratégias de monitoramento com a OPAS, Ministério da Saúde, a ONG GRSP e pontos focais das cidades que compõem o projeto no Brasil. O programa da oficina foi conduzido pela Johns Hopkins University – JHU e as universidades brasileiras que a assistem na tarefa de acompanhar e avaliar o progresso do projeto no País (Universidade Federal do Rio  Grande do Sul – UFRGS; Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC-PR e Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG).

 
Leia mais...

Missão da OMS em Brasília dá impulso ao Projeto “RS-10/Vida no Trânsito” com agenda de intensa programação

O programa incluiu reuniões, palestras na OPAS/OMS no Brasil e no Congresso Nacional e o encontro de representantes da OMS com técnicos e autoridades da OPAS/BRA e do Governo Federal Brasileiro entre 27-31 de Agosto de 2012. A visita de Etienne Krug, Diretor do Departamento de Prevenção a Violências, Lesões e Incapacitações da Organização Mundial de Saúde – OMS e o Técnico Melecki Khayesi, ponto focal da OMS para o Projeto RS-10 no Brasil (localmente denominado “Vida no Trânsito”), como parte da rotina de visitas dos coordenadores globais do Projeto, foram aproveitados para uma série de decisões estratégicas e planejamentos.    

 
Leia mais...

OPAS/OMS no Brasil acompanha pesquisa com grupos focais para subsidiar campanhas no projeto RS-10/Vida no Trânsito

Como parte das atividades voltadas à produção de campanhas para reduzir a morbimortalidade no trânsito, a OPAS participou, em 14 e15 de agosto de 2012, dos trabalhos que levantarão informações para a produção de material preventivo. Em seu conjunto de intervenções, o Projeto Road Safety in Ten Countries (RS-10), coordenado globalmente pela Organização Mundial de Saúde – OMS  com recursos da Fundação Bloomberg, prevê auxilio a ações voltadas ao marketing social na prevenção das mortes e lesões causadas pelo trânsito.

Leia mais...

Traumas matam mais que as três grandes endemias: malária, tuberculose e AIDS

Anualmente 5,8 milhões de pessoas morrem por trauma em todo o mundo, 32% a mais que a soma das mortes por malária, AIDS e tuberculose. A mortalidade por trauma corresponde a 10% de todas as causas de morte e, sem as devidas intervenções, prevê-se que esta proporção aumentará até 2030. Os traumas respondem também pela maioria de incapacitações permanentes. A maior parte dos traumas ocorre entre pessoas de 5 a 44 anos, ou seja, crianças, jovens e adultos jovens. Clique na imagem para acessar o vídeo.

Leia mais...

Dia Mundial da Assistência Humanitária - uma data para reconhecer a dedicação dos trabalhadores humanitários

O Dia Mundial da Assistência Humanitária, comemorado a cada 19 de agosto, presta uma  homenagem a todos os trabalhadores que dedicam suas vidas para ajudar milhões de pessoas afetadas por desastres naturais ou conflitos armados ao redor do mundo, especialmente os mais vulneráveis. Neste contexto, a OPAS/OMS se junta a esta celebração e reconhece o trabalho dos trabalhadores humanitários em todas as agências das Nações Unidas, organizações não-governamentais (ONGs), instituições nacionais e locais e, em particular, as comunidades que desenvolvem trabalho  voltado para prestação de assistência humanitária na região.

Leia mais...
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 10 de 67

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595