Skip to content

:: Resitência Microbiana

Documents

Order by : Name | Date | Hits [ Ascendant ]

Rede de Monitoramento e Controle da Resistência Microbiana em Serviços de Saúde Rede de Monitoramento e Controle da Resistência Microbiana em Serviços de Saúde

hot!
Date added: 01/25/2010
Date modified: 01/26/2010
Filesize: 655.5 kB
Downloads: 1601

A resistência microbiana aos antibióticos vem aumentando rapidamente em todo o mundo, e, em particular, no ambiente hospitalar.

Pacote de Políticas de Combate à Resistência aos Antimicrobianos - DMS 2011 Pacote de Políticas de Combate à Resistência aos Antimicrobianos - DMS 2011

hot!
Date added: 04/07/2011
Date modified: 04/07/2011
Filesize: Empty
Downloads: 350

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A resistência aos antimicrobianos é facilitada pelo uso inadequado dos medicamentos, como, por exemplo, quando se administram doses insuficientes ou não se finalizam os tratamentos prescritos.  Os medicamentos de má qualidade, as prescrições errôneas e as deficiências na prevenção e controle das infecções são outros fatores que facilitam o surgimento e a propagação da farmacorresistencia. A falta de empenho dos governos na luta contra estes problemas, as deficiências da vigilância e a redução do arsenal de instrumentos diagnósticos, terapêuticos e preventivos também dificultam o controla da farmacorresistencia.
Nesse aspecto a OMS faz um chamado para todos os países conterem a disseminação da resistência aos antimicrobianos, através da adoção de um pacote de seis medidas para o combate a resistência microbiana e solicita a todos:
1- Instâncias normativas e gerentes;
2- População e pacientes;
3- Corpo clínico e prescritores;
4- Farmacêuticos e dispensadores;
5- Indústria Farmacêutica;

Um pacote de Políticas de combate à resistência aos antimicrobianos com os seguintes tópicos:

COMPONENTE 1: Comprometer-se com um plano nacional integral e financiado, com responsabilidade e o engajamento da sociedade civil .  (Plano diretor de combate à resistência aos antimicrobianos).

COMPONENTE 2:  Reforçar a vigilância e capacidade laboratorial.

COMPONENTE 3: Garantir acesso ininterrupto a medicamentos essenciais de qualidade garantida.

COMPONENTE 4: Regulamentar e promover o uso racional de medicamentos, inclusive na pecuária, e assegurar a assistência adequada aos enfermos.

COMPONENTE 4 “Sub-componente” D:   Reduzir o uso de antimicrobianos em animais dos quais se obtêm alimentos.

COMPONENTE 5: Melhorar a prevenção e o controle de infecções

COMPONENTE 6: Promover inovações , pesquisa e desenvolvimento em busca de novas ferramentas.

 

Implantação da Rede Nacional de Monitoramento da Resistência Microbiana em Serviços de Saúde Implantação da Rede Nacional de Monitoramento da Resistência Microbiana em Serviços de Saúde

hot!
Date added: 01/25/2010
Date modified: 01/26/2010
Filesize: 784.9 kB
Downloads: 1550

Propostas do “Curso de Gerenciamento de Informação sobre Resistência Microbiana”, realizado no período de 17 a 20 abril de 2006, em São Paulo.

Discurso do Representante no Dia Mundial da Saúde de 2011. Discurso do Representante no Dia Mundial da Saúde de 2011.

hot!
Date added: 04/07/2011
Date modified: 04/07/2011
Filesize: 81.31 kB
Downloads: 802

 Discurso realizado durante a solenidade do Dia Mundial da Saúde de 2011.

Critério de Infecção do Sítio Cirúrurgico Critério de Infecção do Sítio Cirúrurgico

hot!
Date added: 06/09/2010
Date modified: 06/09/2010
Filesize: 158.29 kB
Downloads: 704

SÍTIO CIRÚRGICO
Critérios Nacionais de Infecções
relacionadas à assistência à saúde
Gerência Geral de Tecnologia em Serviços de Saúde
Gerência de Investigação e Prevenção das Infecções e dos Eventos
Adversos

<< Início < Anterior 1 2 Próximo > Fim >>
Página 1 de 2

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595