Skip to content

:: Atenção Primária em Saúde

Documents

Order by : Name | Date | Hits [ Descendent ]

A evolução da atenção à saúde no Brasil: o contexto da saúde bucal A evolução da atenção à saúde no Brasil: o contexto da saúde bucal

hot!
Date added: 01/08/2010
Date modified: 01/08/2010
Filesize: 451.15 kB
Downloads: 1764

O documento apresenta um breve histórico da evolução das políticas públicas em saúde no Brasil, desde o final do século XIX, com a política de saneamento, até a Constituição de 1988, a partir da qual foi proposta a estratégia de saúde da família, como uma forma de atuação integral e articulada em saúde. Neste contexto, a saúde bucal, parte integrante e fundamental da saúde geral, insere-se nesta proposta, concretizando sua forma de atuação por meio da política de saúde bucal brasileira: o Brasil Sorridente. Por fim, considera que, apesar de os passos de inclusão do Odontólogo nas ESF continuarem lentos, já se nota uma conscientização da população no sentido de buscar, por meio do Controle Social, o direito à saúde bucal. Aponta a necessidade de que a instituição formadora transcenda o modelo biomédico, dispondo-se a adotar um conceito holístico, participativo e de comprometimento com a coletividade, resgatando o caráter coletivo da prática odontológica.

A produção sobre saúde da família - trabalhos apresentados no VII Congresso ABRASCO 2003 A produção sobre saúde da família - trabalhos apresentados no VII Congresso ABRASCO 2003

hot!
Date added: 01/08/2010
Date modified: 01/08/2010
Filesize: 859.39 kB
Downloads: 1264

 O Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Atenção à Saúde (SAS) e em parceria com a Abrasco e a OPAS, apresenta a produção técnico-científica sobre os desafios e as conquistas na implementação da estratégia de saúde da família. O material foi compilado das apresentações do VII Congresso de Saúde Coletiva, realizado em agosto de 2003, em Brasília. Entre os trabalhos apresentados durante o evento, cerca de 500 trataram da temática do Programa Saúdeda Família (PSF), na forma de estudos e de relatos de experiências. Esse material certamente oferecerá subsídios importantes para embasar ações e reflexões dos atores sociais comprometidos com a consolidação do Sistema Único de Saúde - SUS (AU).

Abastecimiento de medicamentos en unidades de primer nivel de atención de la Secretaría de Salud Abastecimiento de medicamentos en unidades de primer nivel de atención de la Secretaría de Salud

hot!
Date added: 01/08/2010
Date modified: 01/08/2010
Filesize: 72.71 kB
Downloads: 632

A obra calca-se na observação e análise da disponibilidade de medicamentos essenciais nas unidades de primeiro nível de atenção da Secretária de Saúde do México (SSA). Por disponibilidade de tais medicamentos entende-se como a existência de doses adequadas em quantidades suficientes para atender todos os segmentos populacionais de uma dada região. Nesse sentido, a importância do tema trouxe consigo a instituição do Quadro Básico de Insumos do Setor de Saúde (CBI), em 1983, sem contudo ter logrado um acesso razoável da população de baixa renda aos produtos do CBI.

As causas sociais das iniqüidades em saúde no Brasil As causas sociais das iniqüidades em saúde no Brasil

hot!
Date added: 06/08/2009
Date modified: 06/08/2009
Filesize: Empty
Downloads: 495

Publicado em abril de 2008, o Relatório Final da Comissão Nacional sobre Determinantes Sociais da Saúde (CNDSS) debate os aspectos históricos e os impactos dos DSS em seus diversos níveis sobre a situação de saúde, com especial ênfase nas iniqüidades em saúde.

Atenção ao pré-natal na percepção das usuárias do Sistema Único de Saúde: um estudo comparativo Atenção ao pré-natal na percepção das usuárias do Sistema Único de Saúde: um estudo comparativo

hot!
Date added: 01/08/2010
Date modified: 01/08/2010
Filesize: 154.92 kB
Downloads: 575

 O presente texto apresenta um estudo comparativo transversal realizado com usuárias do pré-natal de serviços do SUS em unidades básicas de saúde e módulos de saúde da família (MSF). Visa determinar diferenças na percepção sobre a qualidade desses serviços, segundo as disposições normativas do Ministério da Saúde para esse programa. Uma amostra de 203 gestantes usuárias da rede básica pública, distribuída por 22 municípios nas cinco regiões do país foi estuda por meio de entrevistas em salas de espera dos serviços. Além de analisar as opiniões das gestantes, busca observar as possíveis vantagens das inovações em atenção familiar em termos de adesão e acesso das usuárias. A aprovação das usuárias ao atendimento recebido em ambos os modelos sugere solidez nas ações de atenção básica.

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>
Página 1 de 10

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595