Skip to content

:: Atenção Primária em Saúde

Documents

Order by : Name | Date | Hits [ Ascendant ]

Selected annotated bibliography on primary health care in the Americas Selected annotated bibliography on primary health care in the Americas

hot!
Date added: 01/08/2010
Date modified: 01/08/2010
Filesize: 459.04 kB
Downloads: 2896

 Este documento, elaborado para o Grupo de Trabalho (GT) da Atenção Primária à Saúde da OPAS, foi escrito por James Macinko and Frederico C. Guanais, da Universidade de Nova York. Tratou de realizar uma sistemática revisão da literatura sobre o tema, utilizando bases de dados da PubMed e Bireme. O GT foi solicitado a indicar autores ou publicações consideradas essenciais para a inclusão na revisão da literatura.

A evolução da atenção à saúde no Brasil: o contexto da saúde bucal A evolução da atenção à saúde no Brasil: o contexto da saúde bucal

hot!
Date added: 01/08/2010
Date modified: 01/08/2010
Filesize: 451.15 kB
Downloads: 1813

O documento apresenta um breve histórico da evolução das políticas públicas em saúde no Brasil, desde o final do século XIX, com a política de saneamento, até a Constituição de 1988, a partir da qual foi proposta a estratégia de saúde da família, como uma forma de atuação integral e articulada em saúde. Neste contexto, a saúde bucal, parte integrante e fundamental da saúde geral, insere-se nesta proposta, concretizando sua forma de atuação por meio da política de saúde bucal brasileira: o Brasil Sorridente. Por fim, considera que, apesar de os passos de inclusão do Odontólogo nas ESF continuarem lentos, já se nota uma conscientização da população no sentido de buscar, por meio do Controle Social, o direito à saúde bucal. Aponta a necessidade de que a instituição formadora transcenda o modelo biomédico, dispondo-se a adotar um conceito holístico, participativo e de comprometimento com a coletividade, resgatando o caráter coletivo da prática odontológica.

Programa de combate ao racismo institucional no Brasil Programa de combate ao racismo institucional no Brasil

hot!
Date added: 01/08/2010
Date modified: 01/08/2010
Filesize: 125.93 kB
Downloads: 1988

 O Programa de Combate ao Racismo Institucional no Brasil (PCRI) é parte de um trabalho regional sobre raça/etnia e visa apoiar, de forma integrada, o setor público para combater e prevenir o racismo institucional e as organizações da sociedade civil para participar e monitorar esse processo. É uma parceria estabelecida entre a Agência de Cooperação Técnica do Ministério Britânico para o Desenvolvimento Internacional (DFID), o Ministério da Saúde, a Secretaria Especial de Políticas para Promoção da Igualdade Racial (Seppir), o Ministério Público Federal, a Organização Pan-Americana de Saúde e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Acompanhe os encaminhamentos para a otimização das ações de saúde deste Programa, clicando no link relativo, em português, e conheça também a publicação 'Política nacional de saúde da população negra'.

Estudo de um caso de implantação de Projeto de Redução da Mortalidade Infantil e seu papel Estudo de um caso de implantação de Projeto de Redução da Mortalidade Infantil e seu papel

hot!
Date added: 01/08/2010
Date modified: 01/08/2010
Filesize: 378.8 kB
Downloads: 1410

A dissertação, defendida perante o Instituto de Medicina Social da UERJ, tem como objetivo acompanhar a implementação de um Projeto de Redução da Mortalidade Infantil (PRMI), em uma Unidade Básica da rede municipal do bairro de Felipe Camarão, em Natal/RN, buscando avaliar seu sucesso e reprodutibilidade em outras regiões. A relevância do estudo encontra-se na pouca literatura que trata de iniciativas e novas técnicas para redução dos índices de mortalidade, e não apenas de seu comportamento estatístico.

Conversando sobre os Pólos de Educação Permanente em Saúde Conversando sobre os Pólos de Educação Permanente em Saúde

hot!
Date added: 01/08/2010
Date modified: 01/08/2010
Filesize: 33.32 kB
Downloads: 1248

 O texto discute sobre o tema de pólos de educação permanente em saúde, parte de uma uma política de educação permanente em saúde para o Sistema Único de Saúde. Apresenta a proposta desta política, suas críticas, ações necessárias para sua efetivação, exemplos de execução (Minas Gerais), temas e práticas de complexidade (pactuação ampliada e o envolvimento de atores de outro setor)e convida para a inclusão de gestores na formação dos facilitadores de Educação Permanente em Saúde, iniciado em março de 2005. Acesse mais informações sobre educação permanente em saúde no link relativo.

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>
Página 3 de 10

Setor de Embaixadas Norte, Lote 19, 70800-400 Brasília, DF, Brasil
Caixa Postal 08-729, 70312-970 - Brasilia, DF, Brasil
Tel: +55 61 3251-9595