Rede Observatório de Recursos Humanos da Saúde no Brasil (OBSERVARH)

Imprimir E-mail

Criação

Setembro de 1999.

Facilitador da Rede

Ministério da Saúde/Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (Coordenação). ARCO25 (Ponto Enlace).

Quem a integra

Instituições públicas e privadas, universitárias ou de atendimento hospitalar, instâncias governamentais da área de saúde, bem como núcleos nacionais de ensino e de pesquisa.

Objetivos

Facilitar a formulação, o acompanhamento e a avaliação de políticas e programas setoriais, bem como colaborar para a regulação social dos sistemas de educação e trabalho no campo da saúde.

Principais atividades

• Disponibilização de informações técnico-científicas sobre recursos humanos da área de saúde no país e dos produtos da rede.
• Realização de análises sobre recursos humanos da área de saúde no país.
• Compartilhamento de informações e experiências entre as instituições, por meio da divulgação regular de temas de interesse comum.
• Elaboração de publicações.

Meios de comunicação:
• E-mail
• Boletim eletrônico da rede “Noticias” em cada site das instituições membros da Rede.

Link

http://www.observarh.org.br

Filiação à rede

Conforme critérios definidos na Portaria Nº1 da SEGETS/MS, de 11 de março de 2004.

Recursos financeiros

SEGETS/MS.

Papel da OPAS/OMS na Rede

• Cooperação técnica e operacional, incluindo a articulação com a Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde em outras sub-regiões das Américas (OPAS/OMS) e outras regiões da OMS.
• Apoio na execução do plano de trabalho anual da Rede.
• Participação nas reuniões anuais dos observatórios.
Última atualização em Seg, 14 de Dezembro de 2009 20:20