Inauguração do Laboratório de Educação à Distância do Programa de Saúde Ambiental da UNASUS/UFRJ.

Imprimir E-mail

 Ocorreu no último dia 08 de novembro no Instituto de Estudos em Saúde Coletiva IESC a inauguração do Laboratório de Educação à Distância. A atividade é fruto da parceria entre o IESC/UFRJ e o Ministério da Saúde, através da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde (SGTES) e da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) a partir da estratégia da Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) em cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde OPAS/OMS.

 Estiveram presentes na solenidade o Magnífico Reitor da UFRJ Prof. Aloísio Teixeira, o Diretor do IESC Prof. Roberto Medronho, o Secretário de Vigilância em Saúde Dr. Gerson Penna, o Secretário de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde Dr. Francisco Campos, o Secretário de Estado da Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro Dr. Sérgio Côrtes, representado a OPAS/OMS Dr. Felix Rígoli e demais autoridades da UFRJ, Ministério da Saúde e OPAS/OMS.
 
Durante a solenidade todas as autoridades destacaram a importância da Educação à Distância nos processo de formação e qualificação de recursos humanos para o SUS e o importante papel da UNASUS neste processo. O encerramento do evento contou com uma aula inaugural do Secretário Francisco Campos e do Diretor de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador Dr. Guilherme Franco Netto sobre as atuais políticas setoriais e os desafios futuros.
 
O Programa de Saúde Ambiental da UNASUS/UFRJ
 
O programa de formação de recursos humanos em vigilância em saúde ambiental da Universidade Aberta do SUS (UNASUS) é uma estratégia da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) em parceria com a Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) e Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS). O programa está sendo executado pelo Instituto de Estudos de Saúde Coletiva (IESC) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), sendo uma instituição de notório reconhecimento nacional e internacional na área de saúde ambiental.
 
Esta iniciativa se justifica pela necessidade de formação e qualificação de recursos humanos em grande escala na área de Vigilância em Saúde Ambiental de forma a contribuir para a consolidação desta vigilância no SUS.
 
O programa está dividido em três fases, a saber:
 
1 – Elaborar e ofertar cursos de extensão nas seguintes áreas:

2 – Especialização em Vigilância em Saúde Ambiental.

3 – Mestrado profissionalizante em Vigilância em Saúde Ambiental.

Técnicos da Unidade Desenvolvimento Sustentável e Saúde Ambiental (UTDSSA) e Unidade Técnica de Políticas de Recursos Humanos (UTPRH) participaram de todo o processo de elaboração do escopo do programa como atividade interprogramática da OPAS/OMS.
 
Para saber mais sobre o projeto, acesse: http://www.iesc.ufrj.br/vsaunasus/