A OPAS/OMS no Brasil apoiou jornada internacional sobre controle de vetores na Argentina

Imprimir E-mail

nullDe 5 a 7 de outubro de 2011,  por meio de seu consultor OPAS, Haroldo Bezerra, a OPAS/OMS no Brasil apoiou a realização da “I Jornadas Internacionales sobre Enfermedades Transmisibles por Vectores” e “II Jornadas Internacionales sobre Enfermedade de Chagas em El Gran Chaco”. As jornadas aconteceram na cidade de Santiago del Estero, Argentina.

nullAs jornadas tiveram por objetivo atualizar os profissionais de saúde nos avanços e perspectivas na área de prevenção e controle de doenças transmitidas por vetores, tais como, dengue, doença de Chagas, malária, febre amarela, dentre outras, com ênfase nas estratégias e gestão territorial de programas de prevenção e controle. Participaram do evento palestrantes de nove países das Américas (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Costa Rica, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai). O Brasil foi representado pelo técnico do Ministério da Saúde, Carlos Melo, e pela doutoranda da Universidade Federal de Ouro/MG, Soraya Santos. Participaram também, representando a OPAS/OMS os assessores regionais da dengue e doença de Chagas, José Luiz San Martin e Roberto Salvatella, respectivamente.

O consultor da OPAS/OMS no Brasil apresentou o tema relacionado ao enfrentamento das epidemias de dengue em uma visão integrada – “Uma respuesta integral a las epidemias de dengue”. É oportuno ressaltar que este tipo de evento é importante para o fortalecimento das diversas áreas técnicas, bem como impulsionar a estratégia de cooperação Sul-Sul, no enfrentamento destas enfermidades.

Última atualização em Sex, 14 de Outubro de 2011 11:57