Palmas, TO e Campo Grande, MS recebem visita de monitoramento do Projeto “Vida no Trânsito” em 14 e 17 de outubro de 2011.

Imprimir E-mail

Capitais do Tocantins e Mato Grosso do Sul receberam representantes da OPAS/OMS no Brasil, Ministério da Saúde e da Global Road Safety Partnership (GRSP) para monitoramento  do projeto voltado à redução da morbimortalidade no trânsito.
 

Em visitas regulares de monitoramento do progresso local do projeto as equipes do projeto em Palmas e Campo Grande apresentaram o andamento das atividades planejadas e reajustadas no âmbito do projeto  Vida no Trânsito. 

Em Palmas, TO foi realizada a entrega de um aparelho de teleconferência,  para auxiliar no monitoramento remoto das ações do projeto. A equipe local fez a exposição dos desafios relacionados à fiscalização do trânsito, educação e estratégias de mídia (nesta deu-se ênfase em formadores de opinião).

Em Campo Grande, MS  foram calculadas estimativas para índices e metas; feitas análises dos dados disponíveis e exemplificações a partir de gráficos desenvolvidas em outras cidades em que se desenvolve a EPP.

Palmas e Campo Grande são duas das 5 cidades contempladas pelo Projeto “Vida no Trânsito” – nome brasileiro para o projeto RS-10. No Brasil o Projeto conta com uma contraparte do Governo Federal e o apoio da Global Road Safety Partnership nas ações de capacitação das equipes técnicas das cidades. A John Hopkins University, junto a universidades brasileiras, promove a avaliação externa do Projeto no País.

 

Última atualização em Ter, 18 de Outubro de 2011 07:28