Nações Unidas acolhem, em Resolução, a redução da morbimortalidade no trânsito

Imprimir E-mail

Reconhecendo o impacto das lesões causadas pelo trânsito, a Assembleia Geral da ONU aprovou, em 19 de Abril de 2012, a Resolução A/66/L.43, enaltecendo os lançamentos nacionais e locais da Década de Ação para a Segurança no Trânsito em mais de 100 países.

 

Precedendo o anunciou da Resolução, a Assembleia ouviu nota do Secretário-Geral acerca do relatório sobre a segurança no trânsito em todo o mundo, elaborada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em consulta com as comissões regionais das Nações Unidas e parceiros da Colaboração das Nações Unidas para Segurança Viária, descrevendo as atividades desenvolvidas para os objetivos da Década de Ação.

Na Resolução, a Assembleia convidou os Estados  membros que ainda não o fizerem a indicar referências (pontos focais) nacionais para a “Década” conclamando a implementação das atividades pensadas com medidas voltadas a melhorar a segurança das vias e dos veículos, melhorar os serviços de emergência e criar capacidade de gestão da segurança das vias. Os países foram também incentivados a implementar legislação sobre segurança viária abrangente relativamente aos  principais fatores de risco no trânsito, combinadas com campanhas de marketing social e implementação de ações efetivas. 

Durante o debate, a Embaixadora brasileira na ONU, Regina Dunlop, assinalou que 90 por cento das mortes causadas no  trânsito ocorrem em países de baixa renda, lembrado ainda que o Brasil tem se dedicado a aprimorar a  legislação nacional, a vigilância, a fiscalização e a conscientização pública. Ressaltou  ainda a importância das ações multidisciplinares e a abordagem dos fatores de risco –aspectos que, por sinal, caracterizam Projeto Vida no Trânsito (RS-10 Brasil) desenvolvido em cinco capitais brasileiras, em uma iniciativa coordenada pela OPAS/OMS no Brasil e o Ministério da Saúde brasileiro o projeto (leia mais aqui, sobre o Projeto). 

Leia aqui a íntegra da Resolução A/66/L.43.

Leia o informe na OMs neste link.

Leia mais sobre a Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011-201 neste link , e saiba mais sobre a “Década” no Brasil neste link

 
Última atualização em Qua, 16 de Maio de 2012 09:56