Prevenção às doenças sexualmente transmissíveis, Aids e hepatites virais da América Latina e Caribe

Imprimir E-mail

Durante os dias 28 a 31 de agosto foi realizado na cidade de São Paulo um evento que congregou quatro novas edições do  X Congresso Brasileiro de Prevenção das DST/HIV/Aids; VI Fórum Latino-Americano e do Caribe de HIV/Aids; V Fórum Comunitário Latino-Americano e do Caribe em HIV/Aids; e o II Congresso Brasileiro de Prevenção das Hepatites Virais. Estes eventos contaram com a parceria entre o Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais e a OPAS/OMS tanto na sua Representação no Brasil quanto a do Escritório Regional em Washington - DC e ao qual acudiram mais de 4 mil participantes do Brasil e dos países da América Latina e Caribe.

O valor agregado da OPAS/OMS foi a sua participação em várias mesas redondas e outras modalidades previstas na programação, discutindo junto aos participantes temas estratégicos tais como a prevenção nas populações vulneráveis, particularmente com as populações de HSH que contou com a presença do assessor regional em Washington Rafael Mazin, populações de travestis e de transexuais na qual esteve Pamela Bermúdez, da OPAS Brasil, Tratamento 2.0 que foi uma discussão entre representantes dos programas nacionais de HIV/aids da região e da sociedade civil, com vistas a otimizar o acesso das pessoas ao tratamento antirretroviral, coordenada pelo assessor sub-regional para os países do MERCOSUL, Marcelo Vila. Também esteve presente a assessora sub-regional para os países andinos Bertha Gomez.

A equipe da OPAS/OMS teve a oportunidade de participar também em reuniões técnicas, revisitar a agenda de cooperação técnica e programar atividades que serão desenvolvidas nos próximos meses, com destaque para a reunião da Comissão Intergovernamental de HIV/Aids do MERCOSUL, da reunião do Grupo de Cooperação Técnico Horizontal – GCTH e reuniões com os coordenadores técnicos das diversas áreas do Departamento Nacional de DST/Aids e Hepatites Virais.

Durante o evento foi lançado o Boletim MERCOSUL sobre Vigilância que pode ser acessado AQUI e um material educativo de apoio para as populações privadas de liberdade em uma parceria da OPAS/OMS com o UNODC. A OPAS/OMS no Brasil também participa na equipe de relatoria do Congresso e contribuiu por meio do Termo de Cooperação n°66 com a organização geral de todo o evento.

Foto por Guilherme Kardel, Departamento de HIV/Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde.


 

Última atualização em Qui, 06 de Setembro de 2012 08:41