Troféu “Vida no Trânsito” é entregue para as instituições que auxiliaram a realização do Projeto

A cerimônia, realizada em Teresina dia 15 de dezembro de 2011,  seguiu-se às ações de monitoramento regular  do projeto e participação da OPAS/OMS no Brasil em curso de capacitação para agentes de trânsito na capital piauiense.


 

A solenidade deu-se junto à  cerimônia do II Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito, e contou que contou com a presença do Prefeito e autoridades locais, na sede da OAB-PI.

O II Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito, que é mais uma iniciativa do Projeto Vida no Trânsito, teve como objetivo estimular crianças, jovens, educadores, profissionais de comunicação, escolas, faculdades e empresas a refletirem sobre comportamentos no trânsito com o intuito de torná-lo mais seguro, civilizado e humano (leia mais sobre a premiação neste link)

Na mesma semana, Teresina contou ainda com uma oficina regular de monitoramento do Projeto, com a visita de Malcolm Lucard, responsável pela comunicação da Cruz Vermelha, conhecendo detalhes do projeto local e a promoção de oficinas de capacitação de agentes de trânsito e alta gerência do setor de transporte e trânsito do Piauí.

Teresina é uma das cinco capitais brasileiras que compõem o Projeto “Vida no Trânsito” – nome brasileiro para o projeto RS-10 (Road Safety in Ten Countries), financiado pela Bloomberg Philanthropies em 9 outros países, tem sua coordenação global da Organização Mundial de Saúde, junto a seus escritórios  regionais, como a OPAS, nas Américas. No Brasil o Projeto conta com uma contraparte do Governo Federal e o apoio da Global Road Safety Partnership nas ações de capacitação das equipes técnicas das cidades. A John Hopkins University, junto a universidades brasileiras, promove a avaliação externa do Projeto no País.