Apresentação

O envelhecimento ativo e saudável compreende ações que promovem modos de viver favoráveis à saúde e à qualidade de vida, orientados pelo desenvolvimento de hábitos como: alimentação adequada e balanceada, prática regular de exercícios físicos, convivência social estimulante, busca de atividades prazerosas e/ou que atenuem o estresse, redução dos danos decorrentes do consumo de álcool e tabaco e diminuição significativa da auto-medicação.

Propósito

Promover o envelhecimento ativo e saudável significa, entre outros fatores, valorizar a autonomia e preservar a independência física e psíquica da população idosa, prevenindo a perda de capacidade funcional ou reduzindo os efeitos negativos de eventos que a ocasionem.

Além disso, garantir acesso a instrumentos diagnósticos adequados, a medicação e a reabilitação funcional.

Política que objetiva, no âmbito do SUS, garantir atenção integral à Saúde da população idosa, enfatizando o envelhecimento saudável e ativo e fortalecendo o protagonismo das pessoas idosas no Brasil (Portaria nº 2.528, de 19 de outubro de 2006).

São diretrizes importantes para a atenção integral à saúde do idoso:

1) promoção do envelhecimento ativo e saudável;
2) manutenção e reabilitação da capacidade funcional;
3) apoio ao desenvolvimento de cuidados informais.

Saiba mais 

Área de Saúde do Idoso do Ministério da Saúde

Publicações do Ministério da Saúde

Guia Prático do cuidador